carregando
Rali

Quintanilla vence nona etapa do Dakar 2020 nas motos. Brabec segue líder

Pablo Quintanilla se tornou mais um vencedor da edição 2020 do Dakar. Nesta terça-feira (14), o piloto brilhou no trecho entre Wadi Al Dawasir e Haradh para terminar na frente no nono dia de rali. Enquanto isso, Ricky Brabec segue na liderança geral

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
9ª etapa – Wadi Al Dawasir a Haradh
Trecho de especial: 410 km
Deslocamentos: 476 km
Trecho total: 886 km 

Pablo Quintanilla se tornou o mais novo vencedor da edição 2020 do Dakar. Nesta terça-feira (14), na nona etapa do rali mais famoso do mundo, o chileno brilhou no trecho entre Wadi Al Dawasir e Haradh, com uma especial de 410 quilômetros.
 
Após as motos não disputarem a etapa da segunda-feira em respeito a morte de Paulo Gonçalves, o titular da Husqvarna terminou o dia em 3h03min33s, seguido por Toby Price, segundo, e Joan Barreda, que completou o top-3.
 
A jornada da terça-feira começou com 376 quilômetros iniciais, antes de dar início aso 410 cronometrados, sendo 31 quilômetros de neutralização após os 155 iniciais. A especial do dia foi bastante semelhante as da primeira semana, com muitas rochas, areia e pequenas dunas no final.
Pablo Quintanilla (Foto: Reprodução)
No quilômetro 156, quem sustentava a liderança era Ricky Brabec, que sustenta a liderança na classificação geral. O titular da Honda largou em quinto e havia se colocado como o mais veloz, mas Quintanilla assumiu a ponta na parcial dos 244 quilômetros e dali não saiu até o final.
 
Inclusive, o ponteiro entre as motos terminou o dia na Arábia Saudita como o quarto melhor do pelotão, com uma desvantagem de 3min55s para o vencedor da terça-feira. Ross Branch foi quem completou o rol dos cinco primeiros.
 
No final, o chileno encerrou o dia com uma vantagem de 1min54s em cima de Price, enquanto Barreda ficou 2min42s atrás. Inclusive, o piloto da Honda conseguiu superar seu companheiro Kevin Benavides nos últimos 70 quilômetros.
 
Brabec segue como o líder geral com uma vantagem de 20min53s para Quintanilla, que descontou 3min do ponteiro, enquanto Price, que aparece no terceiro posto geral, está 26min43s atrás do norte-ameircano. Barreda superou seu companheiro Nacho Cornejo pelo quarto posto, ficando 28s16s atrás do piloto da Honda.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.