Rali da Suécia tem distância encurtada por falta de neve

Falta de neve quase cancelou Rali da Suécia. Solução arranjada foi reduzir percurso, que agora terá 180 km e oito estágios a menos. Etapa acontece entre 13 e 16 de fevereiro

Segunda prova do WRC, o Rali da Suécia teve a sua distância encurtada. A falta de neve na região quase forçou o cancelamento da etapa que acontece entre os dias 13 e 16 de fevereiro.
 
Com oito estágios a menos, a edição sueca terá apenas 180 km percorridos, ao contrário dos 301 planejados antes dos problemas com a neve.
 
Os estágios da sexta-feira (14) serão repetidos no sábado. O domingo terá apenas um.
Elfyn Evans (Foto: Reprodução/Twitter)
"É fantástico poder confirmar que o Rali da Suécia vai acontecer. Muita gente trabalhou duro nos últimos dias para alcançar esta posição, e estou feliz que os fãs, telespectadores e competidores poderão desfrutar de uma das etapas mais espetaculares do WRC", declarou Glenn Olsson, diretor-executivo do Rali.
 
É o terceiro problema de calendário recente do Mundial de Rali. A edição da Austrália, que encerraria o campeonato em 2019, precisou ser cancelada por conta dos incêndios florestais que afetam o país. Uma edição no Chile, marcada para abril, foi cancelada pelos problemas políticos da nação.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube