Rali dos Sertões começa com realização do Prólogo em São Luís. Peterhansel vence nos carros

Stéphane Peterhansel, Jean Azevedo, Rafael Martínez-Conde, Edu Piano, Marcelo Medeiros e Sylvio de Barros foram os mais rápidos das suas categorias no Prólogo, realizado na praia da Ponta D’Areia, na capital maranhense, neste sábado

 

Peterhansel e Cottret já mostraram serviço no primeiro dia de Sertões e venceram o Prólogo (Foto: André Chaco/Fotoarena)

Começou oficialmente a 20ª edição do Rali dos Sertões. Carros, motos, caminhões, quadriciclos e UTVs foram à pista na manhã deste sábado (18) em um circuito de 1,6 km montado nas areias e trilhas da praia da Ponta d’Areia, em São Luís, capital maranhense, para a realização do Prólogo. Diante de milhares de pessoas, a prova aconteceu debaixo de muito calor, com os termômetros marcando 32ºC. Na pista, os tempos registrados pelos pilotos refletiram, em sua maioria, as prováveis disputas que o Sertões verá nos próximos dias.

Os 210 competidores — dez a menos em relação à lista oficial de inscritos — obedeceram a ordem estabelecida pela organização do Rali dos Sertões para a entrada das categorias na pista. Os UTVs, novidade deste ano, abriram a disputa, sendo seguidos pelos quadriciclos, motos, carros, caminhões leves e caminhões pesados. Além dos milhares de fãs que assistiram ao evento, dois helicópteros — um da organização e outro da Polícia Militar do Maranhão — acompanharam a prova.

Com exceção dos caminhões, que classificam os dois primeiros colocados dos Leves e outros dois dos pesados, os oito melhores do Prólogo nos carros, motos, quadris e UTVs avançaram para o Super Prime, que será realizado nesta noite em São Luís.

Grande estrela do Rali dos Sertões 2012, Stéphane Peterhansel mostrou serviço logo no primeiro dia de competição. Provando que vem mesmo para lutar pela vitória, o francês, ao lado do seu navegador, Jean-Paul Cottret, colocou o Mini All4 Racing — movido a diesel — da equipe X-raid na ponta ao completar o percurso, formado por longas retas, trial e slalom, em 1min46s9.

O duo da equipe alemã foi bem mais rápido que Guilherme Spinelli e Youssef Haddad. A atual dupla bicampeã do Rali dos Sertões completou a prova em 1min48s4, levando o Mitsubishi Lancer à segunda colocação. Riamburgo Ximenes e Flavio França, companheiros de equipe de Peterhansel e Cottret, correm nesta edição com um BMW X3. E o cearense cravou 1min49s7, completando o top-3. Em teoria, os três devem lutar pelo título de 2012.

Também avançaram para o Super Prime Mauricio e Gustavo Bortolanza, Marcos Baumgart e Kleber Cincea, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, Romeu Franciosi e Deco Muniz e, fechando a lista, Roberto Reijers e seu navegador, Fausto Dallape.

Pela primeira vez usando o número 01 no Sertões, Zanol terminou Prólogo em segundo (Foto: Marcelo Maragni/Red Bull)

O resultado do Prólogo nas motos também serviu como indício de um belo duelo que pode estar por vir. O vencedor da etapa foi Jean Azevedo, que volta a competir nas duas rodas no Rali dos Sertões após quatro anos. O paulista de São José dos Campos anotou 1min40s0, sendo apenas 0s5 mais rápido que Felipe Zanol, que foi duas vezes vice-campeão da competição. A grande surpresa do dia foi a presença de Nielsem Bueno, que compete com uma Honda CRF 450 da categoria Production, terminando em terceiro lugar.

Outra surpresa, Gregório Caselani, terminou em quarto. Ike Klaumann, seu irmão Guto Klaumann, Ricardo Martins e Dário Júlio Souza também se classificaram para o Super Prime. Motos e carros terão a prova transmitida ao vivo pelo canal a cabo SporTV 2, a partir das 22h.

Os UTVs, grande novidade do ano, tiveram a liderança de um piloto bastante experiente. Sylvio de Barros, que já disputou o Sertões nas motos na década passada e é o atual campeão da Porsche Challenge,  venceu o prólogo após bater 11 rivais. Correndo ao lado do navegador Pipo Mirone, o paulista marcou 1min50s3, sendo 3s7 mais rápido que Jason Oliveira, que conta com o copiloto Marcos Lara ao seu lado como copiloto. Robert Nahas e Rodolfo Brito, Carlo Collet e Eduardo Shiga, Heronaldo Segundo e Guga Costa, Brino Sperancini e Thiago Vargas e Cacá Clauset, que corre ao lado de Rodrigo Khezam.

Os quadris, que vieram na sequência dos UTVs, pegaram a pista em melhores condições. E também por conta da potência dos bólidos, os pilotos conseguiram imprimir maior velocidade. O mais rápido desta manhã foi Marcelo Medeiros, que anotou 1min45s9. O piloto foi seguido pelo atual campeão do Sertões, Tom Rosa, que ficou 1s9 atrás. Ernesto Jun Watashi fechou em terceiro. Antonio Pinho Junior, Luiz Tarquinio Cruz, Bento da Silva, Paulo Kitagawa e Marcelo Dias também garantiram presença no Super Prime.

Os brutos encerraram a primeira etapa do Sertões. Os caminhões leves tiveram a liderança do vice-campeão de 2011, Rafael Martínez-Conde, que ao lado de José Papacena Neto e Leandro Oliveira, colocou o Ford F4000 na ponta ao marcar 2min10s9, sendo seguido pelo surpreendente Carlos Policarpo, que guiou outro Ford F4000 4×4 ao lado de Rômulo Seccomandi e Davi Fonseca.

Entre os pesos-pesados, deu Edu Piano. Na luta pelo sexto título do Sertões, o piloto da Ford cravou 2min16s2, sendo seguido pelo atual campeão da categoria, Guido Salvini, da Mercedes, que levou o Atego ao segundo lugar ao lado de Flávio Bisi e Fernando Chwaigert, batendo o também multicampeão André Azevedo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube