Rali dos Sertões homenageia centenário de Luiz Gonzaga e batiza etapas com músicas do ‘Rei do Baião’

Durante o briefing dos pilotos na tarde desta sexta-feira (17), em São Luís, Du Sachs, diretor-técnico do Rali dos Sertões anunciou que a prova será uma homenagem a Luiz Gonzaga, que faria 100 anos em 2012

A 20ª edição do Rali dos Sertões será histórica por vários motivos. Primeiro, por conta das duas décadas de existência da prova, uma das maiores do mundo no rali cross-country. Pela primeira vez, a largada do Sertões será dada em São Luís. A capital do Maranhão completa, em 2012, nada menos que 400 anos de fundação. E para completar a trinca de fatos históricos que marcam a edição deste ano, a organização do rali anunciou nesta sexta-feira (17), por meio do seu diretor-técnico, Du Sachs, durante o briefing para os pilotos, que as dez especiais serão batizadas com nomes das músicas de Luiz Gonzaga, o ‘Rei do Baião’, que completaria 100 anos em 2012.

A especial de abertura do 20º Rali dos Sertões, entre as cidades maranhenses de São Luís e Barreirinhas, vai se chamar ‘Asa Branca. O segundo dia de provas, entre Barreirinhas e Bacabal, levará o nome ‘A Vida do Viajante’. Em seguida, o percurso separando Bacabal e Barra do Corda, configurando assim na primeira etapa Maratona do Sertões 2012, foi batizada como ‘Assum Preto’.

Histórico 20º Rali dos Sertões terá homenagem ao centenário Luiz Gonzaga, o 'Rei do Baião' (Foto: Facebook)

‘Qui Nem Jiló’ é o nome da quarta etapa da prova, entre Barra do Corda e Carolina, ainda no Maranhão. Rumo ao Tocantins, o Sertões verá ‘O Xote das Meninas’, entre Carolina e Palmas, capital do mais novo estado brasileiro. De volta ao Maranhão, quando a prova realizará a sexta especial, a segunda etapa Maratona, entre Palmas e Alto Parnaíba, o percurso levará o nome ‘Luar do Sertão’. Com destino ao Piauí, ‘Boiadeiro’ é o nome da sétima etapa, com destino a Bom Jesus.

A caravana do Rali dos Sertões ficará apenas um dia no Piauí, já que, no próximo dia 26, um domingo, os pilotos, navegadores, equipes de apoio, organização da prova e imprensa seguirão rumo a Petrolina, no Pernambuco, que fica na divisa de estado com a Bahia e a cidade de Juazeiro. E por isso a organização do rali batizou a oitava etapa como ‘Petrolina-Juazeiro’. E para despedir do estado, a nona e penúltima etapa, entre Petrolina e Iguatu, já no Ceará, vai se chamar ‘Adeus Pernambuco’. Por fim, o percurso derradeiro entre Iguatu e Fortaleza receberá o nome ‘A Volta da Asa Branca’.

Além da homenagem a Luiz Gonzaga, mencionada no briefing dos pilotos no Sertões, Marcos Moraes, diretor-presidente da Dunas Race, também foi aplaudido nesta tarde na capital maranhense. Depois de participar do início do briefing, ainda na condição de dirigente, a diretora da empresa, Sabrina Proença, cortou a pulseira de organizador que Marcos usava, simbolizando assim a sua transição para função de piloto, que vai desempenhar nesta edição comemorativa.

Du Sachs aproveitou o ensejo para orientar os pilotos quanto à primeira especial, no domingo, entre São Luís e Barreirinhas. O briefing serviu também para indicar os horários das atividades de sábado em São Luís. O prólogo, com a participação de todos os competidores, será realizado na Praia do Calhau, a partir das 11h, e será uma bateria que selecionará os oito melhores das categorias Carros, Motos, Quadriciclos e UTVs, além de dois Caminhões Leves e outros dois Pesados. À noite, a partir das 19h30, será disputado o Super Prime. A prova seguirá os moldes da Corrida dos Campeões: será disputada em formato mata-mata em um circuito baseado em uma arena montada no estacionamento do São Luís Shopping. As provas de carros e motos serão transmitidas ao vivo pelo canal a cabo SporTV 2 a partir das 22h.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube