Rali

Sordo aproveita revés de Tänak, quebra jejum de quase seis anos e vence Rali da Itália

O último estágio do Rali da Itália foi inacreditável e dramático para Ott Tänak. Depois de um sábado perfeito, com vitórias em todas as seis especiais, o estoniano enfrentou um problema na direção hidráulica do seu Toyota Yaris e viu sua vantagem desmoronar. Quem levou a melhor foi Dani Sordo, que voltou a vencer no Mundial de Rali depois de quase seis anos

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Pouco antes de uma reviravolta marcar a parte final das 24 Horas de Le Mans, o Rali da Itália mostrou mais uma vez a faceta do imponderável no automobilismo. Ott Tänak, que no último sábado venceu todos os seis estágios do dia, administrou a boa vantagem para Dani Sordo até a penúltima especial. No Power Stage, o último estágio da prova na Sardenha, o estoniano enfrentou um problema na direção hidráulica do seu Toyota Yaris e perdeu muito tempo. Sordo estava na hora certa para aproveitar o revés de Tänak e, de forma dramática, assumiu a liderança e voltou a vencer depois de quase seis anos no Mundial de Rali.
 
Foi apenas o segundo triunfo do espanhol de 36 anos no WRC. O primeiro foi em agosto de 2013 no Rali da Alemanha, quando o piloto defendia a Citroën. Piloto da Hyundai desde a temporada seguinte, Dani, que corre ao lado do fiel navegador Carlos Del Barrio, disputa neste ano apenas algumas etapas do campeonato. Desta vez, o veterano aproveitou a chance para comemorar uma vitória inesperada.
 
“É inacreditável. Não tenho palavras para descrever isso. É incrível vencer aqui na Sardenha. Sinto muito por Tänak”, escreveu Sordo nas redes sociais pouco depois da vitória na Itália.
Dani Sordo parte para uma vitória dramática no Rali da Itália (Foto: Hyundai)
Além de Sordo, que triunfou depois de ter vencido apenas uma especial, pode-se dizer que o Rali da Itália teve outro grande nome neste domingo. Andreas Mikkelsen, também da Hyundai, venceu as cinco especiais do dia, inclusive o Power Stage, marcando assim cinco pontos extras no campeonato. A performance implacável do norueguês lhe valeu um lugar no pódio, terminando na terceira colocação.
 
Teemu Suninen também aproveitou o revés de Tänak para garantir seu melhor resultado no Mundial de Rali. O finlandês, que corre com um Ford Fiesta da equipe britânica M-Sport, finalizou a etapa italiana com 13s7 de atraso para Sordo. Elfyn Evans finalizou em quarto, enquanto Tänak ainda conseguiu marcar dez pontos com a quinta posição na Sardenha. Thierry Neuville conseguiu marcar pontos importantes ao completar o rali em sexto.
 
Com os resultados deste fim de semana, o WRC tem um novo líder. Mesmo com todo o azar que o impediu de vencer na Sardenha, Tänak assumiu a ponta da tabela. O estoniano soma agora 150 pontos. 
A Hyundai colocou duas duplas no pódio do Rali da Itália neste domingo (Foto: Hyundai)
Sébastien Ogier terminou apenas em 42º lugar na classificação geral, fruto dos problemas sofridos na última sexta-feira, e apostou todas as suas fichas no Power Stage. Deu certo, ao menos para minimizar um pouco os danos, e marcou quatro pontos no estágio. Assim, o hexacampeão está agora exatamente quatro tentos atrás de Tänak. E Neuville segue firme na luta pelo título e está agora em terceiro, com 143.
 
A oitava etapa do campeonato marcou o início da segunda metade da temporada 2019. O calendário compreende uma pausa de quase dois meses. A próxima etapa do WRC é o tradicional Rali da Finlândia, entre 2 e 4 de agosto.

Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.