Sordo segura rivais e confirma vitória no Rali da Itália Sardenha do WRC

Fora da briga no campeonato, Dani Sordo ao menos garante a vitória no Mundial de Rali em 2020. Elfyn Evans segue líder

O Rali da Itália Sardenha de 2020 terminou na manhã deste domingo (11) e teve o mesmo vencedor da edição 2019: Dani Sordo. O piloto da Hyundai liderou desde a sexta-feira e manteve a ponteira nas duas especiais do dia, ainda que com dificuldades para render bem. Mas venceu ao lado do copiloto Carlos del Barrio.

Sordo teve problemas sobretudo na primeira especial do dia e perdeu alguns importantes segundos de vantagem para os desafiantes. Controlou no trecho final, porém, para não sofrer mais que o necessário.

“Nunca é garantido, não sei. Não entendo algumas vezes. Os caras foram muito, muito rápidos nesses estágios. Estou realmente surpreso. Não estou tão feliz com meu desempenho hoje, mas, no fim das contas, conseguimos levar o rali para casa”, finalizou.

O pódio comandado por Sordo e Del Barrio (Foto: WRC)

Acabou como uma dobradinha da Hyundai, porque Thierry Neuville conseguiu superar Sébastien Ogier no estágio final para ficar com a segunda colocação, enquanto o multicampeão ficou em terceiro.

O líder do campeonato mundial também superou a posição do sábado. Elfyn Evans passou Teemu Suninen e ficou com o quarto posto – caso ficasse em quinto, teria a poior colocação nessa que é a temporada da carreira.

O WRC ainda tem duas etapas, mas chega ao Rali da Bélgica, em 20 de novembro, com Evans líder com 111 pontos contra 97 de Ogier. Neuville tem 87, enquanto Ott Tänak, sexto na Sardenha, tem 83.

Já conferiu as transmissões em tempo real do GRANDE PRÊMIO? Aqui.
Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube