Spinelli e Haddad perdem liderança nos carros no Rali do Marrocos. Zanol é 10º nas motos

No segundo dia de disputas do Rali do Marrocos, que serve de prévia do Dakar, Guilherme Spinelli e Youseff Haddad terminaram na quinta posição e caíram para o quarto lugar geral

Os pilotos do Rali do Marrocos tiveram pela frente, nesta terça-feira (16), 315 kms de especial em meio às dunas de Merzouga e Erg, válidos pelo segundo dia de atividades desta importante competição disputada em solo africano. Só de dunas gigantes foram 22 km. Desta vez, nada de vitórias brasileiras.

Guilherme Spinelli e Youseff Haddad, vencedores do primeiro estágio do rali, terminaram o dia na quinta posição. Com o resultado, a dupla do Mitsubishi ASX caiu para a quarta colocação geral. Spinelli e Haddad têm, agora, 14min18s de desvantagem para os novos líderes, Krzysztof Holowczyc, da Polônia, e Filipe Palmeiro, de Portugal, vencedores do segundo estágio.

Segundo dia de Rali do Marrocos teve como grande dificuldade para os pilotos as dunas gigantes de Merzouga (Foto: Facebook/Felipe Zanol)

Na disputa das motos também teve mudança de líder. O luso Hélder Rodrigues viu o francês Cyril Despres, tricampeão do Dakar, roubar a dianteira com uma vitória nesta segunda etapa. Marc Coma manteve a segunda colocação e está a 37s de Despres, enquanto Rodrigues caiu para o terceiro lugar.

Atual campeão do Rali dos Sertões, o mineiro Felipe Zanol segue se ambientando ao exterior – esta é a primeira vez que ele compete na África. O piloto da Honda terminou o dia na décima posição e agora ocupa a décima colocação na classificação geral do Rali do Marrocos.

Após as atividades desta terça-feira, Zanol aprovou seu desempenho e destacou as dificuldades que enfrentou. “Foi um bom dia para mim. Eu andei com consistência e me senti mais confortável com a navegação. Foi um estágio muito difícil nesse sentido, com muitos pontos onde era fácil cometer erros, especialmente quando passamos pelos mesmos locais de ontem, pois a parte final do trajeto era o percurso de ontem ao contrário”, falou o piloto mineiro, que ainda exaltou sua boa adaptação às dunas gigantes.

Nesta quarta-feira, os pilotos enfrentarão um deslocamento total de 357 km, sendo 291 km de especial, até a cidade de Zagora, onde será montado o segundo acampamento do Rali do Marrocos. A prova se encerrará no próximo sábado (20).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube