Tentando reduzir número de acidentes, Kubica planeja mudar estilo de pilotagem

Robert Kubica falou sobre as mudanças que devem ser realizadas para que o número de acidentes sofridos seja drasticamente reduzido

Robert Kubica deve realizar algumas mudanças para o prosseguimento do Mundial de Rali. Marcado pelo grande número de acidentes sofridos, o polonês admitiu que precisa alterar, entre outras coisas, a forma de pilotagem.

Mesmo com uma temporada repleta de abandonos até aqui, Kubica se defendeu, lembrando que vinha andando bem em Monte Carlo até o acidente.

“Eu comecei bem em Monte Carlo. Eu sabia que seria complicado no início do ano”, disse.

O ex-piloto de BMW e Renault na F1 admitiu que precisa melhorar em pontos específicos, como por exemplo no desempenho em setores mais estreitos.

“Eu sei o que preciso fazer e estou trabalhando nas minhas notas de avaliação. Preciso melhorar nos setores mais estreitos, não estou indo bem”, falou.

O polonês ressaltou que vem tendo um bom desempenho nos trechos de asfalto, mas que está falhando constantemente no cascalho.

“Meu planejamento está dando muito certo nas pistas, mas venho falhando quando vamos para o cascalho”, afirmou.

Robert Kubica falou sobre a sequência de acidentes que vem sofrendo (Foto: Citroën)

Kubica concluiu dizendo que mudanças serão realizadas para que o desempenho mude. Além de acertos no carro, o polaco admitiu que precisa rever sua maneira de pilotar.

“Teremos de fazer mudanças para que eu me sinta mais confortável no carro. Além disto, preciso mudar meu modo de pilotar, algo que não é fácil. Preciso lembrar que não tenho muita experiência em circuitos estreitos”, finalizou.

O talentoso polonês sempre teve problemas com acidentes, mas a temporada 2014 do Mundial de Rali está preocupante. Na última etapa, no México, Kubica se acidentou em duas oportunidades.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube