Varela vence nos carros na chegada do Sertões a Minas Gerais, mas Spinelli segue líder. Coma ganha outra nas motos

No terceiro dia de disputa do Rali dos Sertões, a competição deixou Goiás e entrou nas terras de Minas Gerais. Chegada aconteceu na cidade de Paracatu após mais algumas centenas de quilômetros de percurso

Reinaldo Varela voltou a vencer uma etapa do Rali dos Sertões entre os carros. Junto do navegador Gustavo Gugelmin, o piloto completou a especial desta terça-feira (26) em 2h34min29s, mas isso não foi o bastante para que ele tirasse Guilherme Spinelli e Youssef Haddad da liderança da competição.

Vencedores da etapa de segunda-feira, Spinelli e Haddad foram os terceiros colocados no trajeto que teve 364 km de trecho cronometrado entre Catalão, em Goiás, e Paracatu, em Minas Gerais, na chegada do Sertões ao estado onde acontecerão os momentos decisivos da disputa no próximo fim de semana.

Apesar dos dois triunfos, contudo, uma punição recebia por Varela na segunda etapa o deixa somente na quarta posição, 7min atrás. O top-3 geral tem Spinelli, Cristian Baumgart e Marcos Baumgart.

“Hoje fomos bem, terminamos em primeiro e deu para tirar um pouco da diferença. Agora é preparar a maratona e continuar acelerando”, disse Varela, fazendo referência à etapa desta quarta, rumo a São Francisco.

Reinaldo Varela venceu nesta terça-feira (26) na chegada da Paracatu (Foto: Victor Eleutério/Webventure)

Nas motos, Marc Coma voltou a vencer e segue como líder. O espanhol havia triunfado na abertura do rali e sofrido um revés para Paulo Gonçalves na segunda etapa. O português foi terceiro nesta terça, atrás de Jean Azevedo, mas manteve o segundo lugar na classificação geral.

No acumulado dos tempos, Coma tem 5h18min37s, pouco menos de 4min de frente para Gonçalves. Azevedo soma 5h22min12s após as primeiras três rodadas. “Foi um dia um pouco maior, difícil, onde fui tentando tirar o máximo para recuperar tempo. Foi uma boa etapa, mas sempre é difícil encontrar um ritmo adequado”, afirmou Coma.

Já Azevedo, melhor brasileiro do dia, destacou que o percurso apresentava “mais curvas e trechos travados”. “Foi um dia de Sertões, bem gostoso de andar. Com o segundo lugar de hoje dá para manter a disputa no rali”, comentou o pentacampeão.

Marc Coma lidera na classificação geral das motos (Foto: Victor Eleutério/Webventure)

Nas demais categorias, a vitória dos Quadriciclos ficou com Marcelo Medeiros, que assim assumiu a liderança da classificação geral, e com a dupla André Sawaya/Eduardo Costa nos UTVs — nesta classe, contudo, a dianteira pertence a Denisio Casarini/Eduardo Shiga.

Finalmente, nos caminhões, Edu Piano e os navegadores Solon Mendes e Antonio Carlos de Sales venceram pela terceira vez no Sertões 2014 e abriram 13min14s de vantagem para os rivais mais próximos, do trio Kenner Garcia/Rafael dal Bello/Raphael Bettoni.

Com destino a São Francisco, a viagem vai ser bem longa, um total de 585 km, sendo 135 km de deslocamento inicial, 363 km de trecho cronometrado e 86 km de deslocamento final.

Edu Piano foi o vencedor da etapa do Sertões entre os caminhões (Foto: Victor Eleutério/Webventure)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube