Rali

Vídeo: câmera flagra momento de grave acidente com chinesa e atropelamento de espectadores no Dakar

Um cinegrafista amador flagrou imagens de desespero no último sábado (2) em Arrecifes, nos arredores de Buenos Aires, quando dez pessoas ficaram feridas em decorrência de um grave acidente protagonizado pela chinesa Guo Meiling, que perdeu o controle do seu Mini num trecho de reta e escapou em direção ao público. Três ainda permanecem em estado grave

Warm Up / Redação GP, de Sumaré

Os espectadores que acompanhavam o desenrolar do prólogo do Dakar 2016, no último sábado (2), em Arrecifes, próximo a Buenos Aires, viveram momentos de tensão e desespero logo após o Mini da pilota chinesa Guo Meiling escapar após passar por uma lomba numa reta e ir em direção ao público. Dez pessoas ficaram feridas, das quais três ainda permanecem em estado grave. As imagens foram flagradas por um cinegrafista amador, que publicou cenas de um público muito apreensivo e o desenrolar do atendimento médico no local.
 
Em razão do grave acidente, a Amaury Sport Organisation (ASO), empresa responsável por organizar e promover o Dakar, optou por cancelar o prólogo, que ocorreu logo após a tradicional cerimônia da rampa de largada, realizada em Tecnópolis, Buenos Aires, e divulgou um breve comunicado no site oficial da prova.
Espectador foi resgatado após grave acidente neste sábado em Arrecifes (Foto: AFP)
"Houve um acidente no km 6,6 do prólogo, com o carro número 360 escapando da pista e acertando quatro espectadores. Os organizadores imediatamente disponibilizaram todos os recursos possíveis para o local do acidente: quatro helicópteros médicos, três carros médicos pertencentes aos organizadores e oito ambulâncias locais", disse o comunicado.
 
"Os feridos foram rapidamente levados para hospitais locais após uma avaliação médica inicial pelas equipes médicas por parte dos organizadores. Os diretores de prova imediatamente decidiram neutralizar a prova. O restante do trecho para o acampamento em Rosário será considerado uma seção de deslocamento", informou.

"Passou de festa a inferno em um segundo. A pilota escapou, perdeu o controle do carro e foi diante do pessoal. Foi um pesadelo", disse o lendário multicampeão do Top Race argentino, Agustín Canapino. 
 
A pilota chinesa passa bem, porém ficou em estado de choque por ver o ocorrido com os feridos após o acidente.

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad tiveram de abandonar o Dakar 2016 na terceira etapa (Foto: Victor Eleutério/Mitsubishi)
Spinelli/Haddad abandonam Dakar

O Dakar 2016 terminou de forma bastante precoce para Guilherme Spinelli e Youssef Haddad. A dupla, que chegou à Argentina muito confiante em um bom resultado, começou a lidar com problemas logo no prólogo, no último domingo, quando teve de passar por um rio, e a água acabou por entrar no motor do ASX Racing #318 da equipe Mitsubishi Petrobras. Durante a especial da última terça-feira (5), entre Termas de Río Hondo e Jujuy, na Argentina, a dupla sofreu com a elevação dos níveis de temperatura na água e do óleo e só conseguiu chegar ao acampamento com auxílio externo. Assim, Spinelli e Haddad dão adeus ao Dakar 2016 logo no terceiro dia de prova.

“Amigos, o Dakar acabou muito cedo para nós dessa vez. Infelizmente, as consequências da água que entrou no motor no rio do prólogo foram mais graves do que imaginávamos. Hoje, durante a especial, as temperaturas de água e óleo foram subindo. Administramos até onde deu, mas não conseguimos chegar até o fim e nem dar alguma solução. Fim de Dakar para nós”, escreveu Spinelli no fim da última noite em sua conta no Facebook.