Zanol embarca para disputar Rali do Marrocos visando ritmo de prova com nova moto para Dakar

Felipe Zanol está entre os inscritos para a disputa do Rali do Marrocos, entre 15 e 20 de outubro. A prova servirá como uma prévia para o Dakar de 2013 e será a primeira do brasileiro com a nova moto Honda CRF 450 Rally

Acabou a espera. Depois de intensos testes no mês de setembro com a nova moto, no Japão, Felipe Zanol finalmente terá a chance de disputar uma prova com a Honda CRF 450 Rally, visando o Dakar de 2013, entre Peru, Argentina e Chile, de 5 a 20 de janeiro. E a preparação começa bem antes, no continente de origem do Dakar. O piloto mineiro, campeão do Rali dos Sertões, embarcou para a África na última terça-feira (9) para disputar o Rali do Marrocos ao lado da elite do motociclismo cross-country mundial.

O Rali do Marrocos é referência no cross-country, principalmente por ser um teste vital para o Dakar, já que há muitas semelhanças entre as duas provas, sobretudo pelas dunas e pelo tipo de navegação. Assim, Zanol terá condições de conhecer o verdadeiro potencial da sua moto durante a prova na África, que acontecerá entre 15 e 20 de outubro.

Campeão do Rali dos Sertões, Zanol está no Dakar para disputar o Rali do Marrocos de olho no Dakar (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

Zanol fará sua estreia pela equipe oficial da Honda — que voltará ao Dakar após 23 anos de ausência — junto com outros quatro recém-contratados da montadora: Hélder Rodrigues, ex-Yamaha e dono de grande experiência no cross-country, além de Sam Sunderland, Javier Pizzolito e de Johnny Campbell, 11 vezes campeão norte-americano de baja.

Para Felipe, o Rali do Marrocos será crucial para os rumos da Honda até o embarque rumo a Lima, no Peru, nos primeiros dias de 2013.

“Apesar de ter andado na moto durante os testes no Japão, em setembro, só vi o equipamento com os gráficos por foto. O visual ficou incrível e estou muito ansioso para andar na minha CRF 450 Rally e fazer os ajustes pessoais”, disse o mineiro, de olho no Dakar. “O Rali do Marrocos será fundamental para fazermos os acertos na motocicleta, estou focado nisso e em terminar a corrida, adquirindo ritmo e experiência. O resultado será consequência”, explicou Zanol.

Antes do início da prova, no Marrocos, Felipe segue nesta quarta-feira para Ouarzazate, para as sessões finais de treino com a nova moto. Na sexta, Zanol e toda a equipe Honda seguirá para Erfoud, base do Rali do Marrocos. Ao todo, serão seis especiais, que totalizarão 2.074 km, sendo 1.544 km de trecho cronometrado, cujo final será em Zagora.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube