Zanol vence outra etapa nas motos e fica mais perto de título inédito no Rali dos Sertões

Felipe Zanol não vem dando chances aos rivais e, nesta segunda-feira (27), venceu mais uma etapa do Rali dos Sertões. Com mais de 20 minutos de vantagem para Dário Júlio, o piloto da Honda está perto de garantir seu primeiro triunfo na competição

Etapa 9

Petrolina (PE) – Iguatu (CE)
Deslocamento inicial: 62 km
Trecho especial: 143 km
Deslocamento final: 355 km
Total: 560 km

Só dá Felipe Zanol na competição de motos do Rali dos Sertões. Dominante desde o início da edição 2012, o mineiro ignorou a grande vantagem perante seus oponentes, acelerou ao máximo e garantiu mais uma vitória, dessa vez, entre Petrolina, em Pernambuco, e Iguatu, já no estado do Ceará, nesta segunda-feira (27). Faltando somente um dia para o fim do rali, Zanol está 21min26s à frente do segundo colocado, seu companheiro de equipe na Honda, Dário Júlio Souza.

Na especial desta segunda-feira, os pilotos completaram 143 km de trecho cronometrado, mas tiveram pela frente outros 355 km de deslocamento final cruzando as serras com destino a Iguatu. Uma especial considerada tranquila na opinião geral dos pilotos que chegaram ao parque fechado da cidade, localizada no centro-sul do Ceará.

Zanol repetiu o ótimo desempenho das últimas etapas e não tomou conhecimento dos adversários e, ao mesmo tempo, seus companheiros de equipe. Felipe completou o percurso cronometrado de 143 km em 1h32min32s, batendo seu parceiro de Honda, Nielsen Bueno, em apenas 5s antes de avançar rumo a Iguatu. Dário Júlio Souza completou a trifeta da Honda nesta nona etapa do Rali dos Sertões.

Felipe Zanol caminha para vencer o Rali dos Sertões pela primeira vez entre as motos (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

Apesar da grande vantagem, Zanol afirma que ainda não tem nada ganho e que comemoração de título só vai acontecer se ele confirmar a primeira colocação em Fortaleza, ao final da última etapa da competição.

“Temos mais um dia pela frente, não há nada ganho. Só vou comemorar depois de entregar a cartela em Fortaleza”, disse Zanol. “Estou bastante tranquilo, mesmo tão perto de uma conquista muito importante. Espero que dê tudo certo amanhã”, completou o piloto, que já foi duas vezes vice-campeão, em 2010 e 2011, atrás de Marc Coma e Cyril Després, respectivamente.

Nielsem Bueno foi o segundo colocado na etapa desta segunda-feira (27) (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

 

Mas o trio da Honda não foi o único destaque desta nona etapa do Sertões. Fabrício Bianchini, piloto de bastante experiência no cross-country brasileiro, finalizou na quarta colocação conduzindo uma moto Kawasaki. Na sequência, dois pilotos da Husqvarna SpeedBrain. Os irmãos Ike e Guto Klaumann terminaram em quinto e sexto, respectivamente.

A sétima colocação ficou com Juca Bala, lenda viva do motociclismo brasileiro. Depois de enfrentar várias dificuldades durante o Rali dos Sertões, o vencedor da edição de 1994 deu a volta por cima e se garantiu no grupo dos melhores por dia, seguido pelo maranhense Glauco Feitosa.

Zanol está a apenas um dia, ou 103 km de conquistar a vitória mais importante da sua carreira como piloto de rali. O mineiro lidera o trio da Honda no Rali dos Sertões e vai iniciar o caminho de 457 km (incluindo deslocamento inicial e final) até Fortaleza com 29h19min24s de tempo total de prova, 21min26s de vantagem para Dário Júlio. Nielsen Bueno se prepara para chegar à capital do Ceará como o terceiro colocado, assegurando assim um top-3 todo da Honda no Sertões.

Guto Klaumann permanece em quarto lugar, 17 minutos atrás de Nielsen, e está prestes a colocar a Husqvarna no grupo dos cinco mais rápidos da competição das motos. Dimas Mattos, 18min atrás do catarinense Klaumann, deixará Iguatu com destino a Fortaleza na quinta colocação e tem todas as condições de conquistar mais um bom resultado depois de ter completado o Rali Dakar, no início de 2012.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube