Rodrigo Varela/Dums vence quarta especial e amplia liderança dos UTVs no Sertões

Após assumir a liderança do Sertões 2020 na segunda-feira, Rodrigo Varela/Dums consolidou a dianteira com vitória dominante na etapa que levou a competição ao Tocantins

Etapa 4: Bolha 3/GO a Bolha 4/TO
4 de novembro, quarta-feira
Deslocamento inicial: 26 km
Trecho cronometrado: 329 km
Deslocamento final: 295 km
Total: 650 km

LEIA TAMBÉM:
‘Café-com-leite’, Alok faz Sertões na manha: “Experiência incrível”
Emoção de Barrichello, maratona, chuva e sorteio: live Motul

Após um dia de descanso forçado, com o cancelamento da segunda parte da maratona por conta do mau tempo no estado de Goiás, o Sertões 2020 voltou à atividade competitiva nesta quarta-feira (4) com a viagem que fez os competidores deixarem de Goiás para que cheguem ao Tocantins. Com deslocamento total de 650 km, bastante longa, a competição dos UTVs viu uma vantagem importante ser talhada. Rodrigo Varela e Gunnar Dums, que haviam vencido na segunda-feira. Agora, Varela/Dums completou a especial em 4h01min45s.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A distância de vantagem para a dupla que terminou na segunda colocação, Denisio Casarini e Ivo Renato Mayer, foi a maior de um vencedor de especial para o vice até agora na competição dos UTVs no Sertões: 5min19s.

Rodrigo Varela/Dums dominou nos UTVs (Foto: Victor Eleutério/Sertões Mídia)

Quem chegou no terceiro posto foi a dupla formada por Guilherme Benchimol e Daniel Spolidorio, esse 10min54s em desvantagem. A dupla que venceu a primeira especial e ocupava a terceira colocação geral até o começo desta especial, Bruno Varela e Gustavo Bortolanza, teve problemas e não chegou entre os 50 primeiros postados do dia. É uma situação que praticamente exclui a dupla da briga por vitória.

A dupla formada pelo papai do clã Varela, Reinaldo Varela, e Gustavo Gugelmin, vencedores do Dakar 2018, terminou na oitava posição e 16min45 atrás. E Nelsinho Piquet, que ainda está no combate antes de partir para o fim da semana da Stock Car, conseguiu chegar na nona posição junto de seu navegador Marcos Pastein.

Já na classificação geral, Rodrigo Varela/Dums somam um total de 13h25min e conseguiram abrir 8min23 para Casarini/Mayer e impressionantes 20min17s para a dupla que ocupa o terceiro posto, Rodrigo Luppi/Maykel Justo.

O contratempo de Tomas Luza e Robson Schuinka (Foto: Victor Eleutério/Sertões Mídia)

Como foi a etapa vencida por Varela/Dums:

A quarta etapa do Sertões 2020 começou com deslocamento de apenas 26 km e o princípio do especial vindo na sequência. Os primeiros 33 km se desenrolam em caminho no estilo do Mundial de Rali e alterações de curvas entre alta e média velocidade. Após um começo bastante veloz, trechos bem mais travados na sequência e os competidores passaram por mata-burros, pontos, muitas pedras e trilhas bem sinuosas. A organização aponta cerca de 60 km solo arenoso.

A velocidade retorna à baila para o segundo 1/3 da prova, com direito a ponto abastecimento. Logo em seguida, um pequeno trecho de radar para travessia urbana. A parte seguinte da especial era bastante travada com trechos de trial, natural de cerrado e sertão. Os últimos 60 km foram realizados numa estrada de altíssima velocidade e com curvas altamente exigentes. Um teste de verdade, terminando com mudança de solo, piçarras, mas sem buracos.

A etapa da quinta-feira tem especial de 337 km e deslocamento de pouco mais de 600 km para encaminhar a competição do Tocantins para o Maranhão. No meio do caminho, passa pelo paraíso do Jalapão.

Sertões 2020, Classificação geral dos UTVs após quatro etapas

1RODRIGO VARELA
GUNNAR DUMS
CAN-AM MAVERICK X3 XRS 13:25:00 
2DENÍSIO CASARINI
IVO RENATO MAYER
CAN-AM MAVERICK X3 13:33:240:08:24
3RODRIGO LUPPI
MAYKEL JUSTO
CAN-AM MAVERICK X3 XRC 13:45:170:20:17
4RICHARD FLITER
ANDRÉ MUNHOZ
CAN-AM MAVERICK X3 13:51:130:26:13
5MARCELO TOMASONI
BRENO RESENDE
CAN-AM MAVERICK X3 13:52:580:27:58
6REINALDO VARELA
GUSTAVO GUGELMIN
CAN-AM MAVERICK X3 XRS 13:53:000:28:00
7GABRIEL CESTARI
JHONATAN ARDIGO
CAN-AM MAVERICK X3 XRS 13:59:270:34:27
8CRISTIANO BATISTA
ROBLEDO NICOLETTI
CAN-AM MAVERICK X3 XRS 14:13:110:48:11
9SILVIO MARTINS
WINICIUS MARTINS
CAN-AM MAVERICK X3 XRS 14:13:260:48:26
10JOSÉ RUFINO
JOSÉ FIUZA NETO
CAN-AM MAVERICK X3 XRS 14:16:000:51:00

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube