Petrucci revela que foi punido após perder até telefone e carteira no Dakar

Estreante no Dakar, Danilo Petrucci perdeu todos os objetos pessoais e ficou sem ter como chamar ajuda para seguir na briga principal

PRIMEIRA VITÓRIA E MAIOR CONSISTÊNCIA: OCON ESTÁ DE VOLTA?

A participação de Danilo Petrucci, recém-saído da MotoGP, no Dakar 2022 atraiu bastante atenção no mundo do motociclismo e do rali. Pudera, um nome tradicional das pistas se aventurando no off-road costuma criar curiosidade. Rapidamente, então, Petrucci aprendeu coisas que podem acontecer de diferente neste tipo de esporte: o italiano perdeu os pertences durante a segunda especial e deixou a briga pela vitória.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

É exatamente isso. Petrucci teve problemas na bomba de combustível na moto, mas nada dramático ou que não pudesse ser resolvido. Segundo ele, precisava apenas da ferramenta certa, que a equipe poderia trazer. Só que, quando checou o bolso, descobriu que havia perdido telefone, carteira e passaporte. Não dava para contactar o time.

Assim, Petrucci precisou usar o sistema da moto para avisar à organização do Dakar. Em outros anos, seria considerado abandono e ele teria de deixar a disputa, mas, com a mudança de regra, em 2022 Petrucci toma uma pesada punição de tempo que encerra as chances de vencer a corrida geral, mas mantém na competição.

Danilo Petrucci no Dakar 2022 (Foto: KTM)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Confira todas as informações do Dakar 2022 aqui

“Ontem [segunda-feira] eu me senti muito bem, fiquei mais cansado no primeiro dia, mas na moto estava tudo certo. Então, alcancei [Stefan] Svitko, que estava na minha frente. Estava bem e alcancei rapidamente. Depois de 115 km eu tive de mudar do tanque de combustível traseiro para o fronteiro e, aí, a moto se desligou sozinha”, reportou no próprio Instagram.

“Infelizmente, houve um problema que eu não consegui mudar. Era até bem fácil, mas eu não tinha os equipamentos certos. Queria ligar para meu mecânico no acampamento, mas também descobri que meu telefone não estava mais no meu bolso traseiro. Meu passaporte, licença de motorista e dinheiro também sumiram. Não tive como contactar minha equipe”, finalizou.

Com os problemas e a impossibilidade de chegar normalmente ao acampamento, Petrucci deu adeus às chances de vitória e de terminar nas primeiras colocações.

“É irritante, mas estou aqui para aprender e me divertir e, depois disso, os resultados virão. Tenho de ficar atento com meu tornozelo quebrado e não quero piorar muito mais do que já está”, contou.

Petrucci não apenas tem o tornozelo lesionado, mas chegou a ter a participação colocada em dúvida antes do começo do Dakar por conta de um falso positivo para covid-19.

RICCIARDO É PROBLEMA PARA MCLAREN OU 2021 FOI SÓ UM TROPEÇO?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar