Pilotos da Red Bull, Serra e Fraga dão dicas a finalistas do Red Bull Kart Fight, que acontece em Nova Odessa

Daniel Serra, da Stock Car, e Felipe Fraga, da F-Renault, estão em Nova Odessa (SP) dando dicas aos pilotos que disputam a final brasileira do torneio que procura pelo melhor kartista amador do planeta

Os 42 finalistas do Red Bull Kart Fight estão contando com a ajuda de dois experientes pilotos. Presentes no Kartódromo MMoa, em Nova Odessa (SP), Daniel Serra e Felipe Fraga dão dicas aos kartistas sobre como se adaptar melhor às características do circuito e dos karts utilizados na final brasileira do torneio.

Piloto da Red Bull na Stock Car, Serra foi o responsável pela escolha do traçado que abriga as disputas na final do Kart Fight e está sendo considerado complicado pelos pilotos.

“É um traçado que estava pré-selecionado, nós gostamos e fizemos alguns ajustes. É bastante seletivo e tem muitas curvas seguidas, algumas de baixa, algumas que é só tirar o pé. É bastante seletivo”, disse Serrinha. “Os pilotos vêm perguntar para a gente como fazer melhor algumas curvas, alguns pontos em que estão com dificuldades”, completou.

Fraga e Serra conversaram com os pilotos antes do início das provas (Foto: Renan do Couto/Instagram)

Mais novo, Felipe Fraga, até 2011, era kartista e disputava os principais torneios da modalidade. Em 2012, o tocantinense migrou para os carros e disputou a F-Renault e a F-Renault Alps, na Europa. Ele também ajuda com dicas e orientações aos finalistas.

Fraga gostou da escolha dos pneus do tipo amarelo, fabricados pela MG. “É show de bola”. O pneu amarelo é o médio na escala da fabricante, mas o usado nas principais provas do Brasil na categoria Graduados, elite do kartismo. O composto também é muito mais aderente se comparado aos pneus que equipam os karts na maioria das pistas de indoor em todo o país.

“Com o pneu amarelo, os pilotos podem ser mais agressivos em relação ao que eles são normalmente, já que o kart gruda bem mais no chão. Mas também é um pouco mais difícil, até porque eles devem cansar mais durante a corrida”, explicou Fraga.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube