F1 emite alerta de colapso. O que fazer para sobreviver? Paddock GP debate

O final de semana do esporte a motor teve bastante coisa. Jean-Éric Vergne resistiu a uma prova louca em Berna, venceu e está perto do título; Alexander Rossi dominou em Elkhart Lake e se aproximou de Josef Newgarden. Na França, a F1 estreou um novo programa: depois do Drive to Survive, mostrou novamente que é necessário o Change to Survive. E o GP do Brasil, qual o futuro? Esses são os assuntos do Paddock GP desta terça-feira

O Paddock GP, programa de debates do GRANDE PRÊMIO, tem três grandes temas nesta terça-feira (18) à noite. A Fórmula E passou por uma prova marcada por um engarrafamento bizarro na primeira volta e que acabou virando uma divertida corrida em Berna que deixou Jean-Éric Vergne próximo do bi. Na Indy, Alexander Rossi dominou em Elkhart Lake e encostou de vez em Josef Newgarden – os dois estão fugindo. Por fim, a F1 viveu um de seus momentos mais tediosos nos últimos anos. O GP da França teve domínio de Lewis Hamilton e da Mercedes, mas na pior prova do campeonato. Após mais um alerta de colapso, o que a F1 tem de fazer para sobreviver? E ainda teve um novo capítulo da disputa entre Rio e São Paulo pelo GP do Brasil. Os jornalistas do GP debatem a partir das 19h30 (de Brasília). 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube