19º, Barrichello diz que objetivo é transformar bom desempenho na classificação em pontos na corrida

O ex-piloto da F1 afirmou, ainda, que já está adaptado aos diversos toques na categoria, mas reconheceu que precisa evitá-los para começar a somar pontos consistentes em todos os fins de semana

Mesmo tendo terminado a etapa de Curitiba da Stock Car na 19ª colocação, Rubens Barrichello teve um bom desempenho neste domingo (17). O piloto da Full Time largou em décimo, mas logo na primeira curva foi tocado por alguns adversários, caindo para o 17º lugar. A partir daí, o brasileiro engatou uma boa corrida de recuperação e já estava em 13º, quando sofreu um novo toque, desta vez de Felipe Lapenna, obrigando-o a ir aos boxes para fazer reparos.

Após mais uma prova complicada, Barrichello afirmou que já está acostumado com corridas tumultuadas na Stock Car. Agora, para as próximas etapas, precisa transformar a ida ao Q2 do treino classificatório em pontos consistentes.

Rubens Barrichello largou em décimo em Curitiba (Foto: Miguel Costa Jr./MF2)

“Mais um dia de aprendizado na Stock Car, pois realmente os toques acontecem, e estou convivendo com isso tranquilamente. Em um deles, tive que parar nos boxes para arrumar”, disse. “Fora isso, a gente já encontrou a velocidade, largamos entre os dez. Mas além de largar bem, temos que tentar desviar desses incidentes e pontuar muito melhor daqui pra frente”, declarou.

Embora tenha sido vítima de toques ao longo de toda a prova, o ex-piloto da F1 terminou na 19ª colocação e somou os dois primeiros pontos desde que estreou na categoria, no fim do ano passado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube