Baptista comemora novo contrato com Meinha: “Todo mundo procura vaga com ele”

Bruno Baptista teve seu contrato renovado com a RCM e será mais uma vez comandado por Rosinei Campos, o Meinha. Motivo de celebração para o piloto, aliás

Bruno Baptista vai, em 2020, para seu tercero ano como piloto titular na Stock Car – e, mais uma vez, no segundo time de Rosinei Campos, o Meinha, chefe também da RC Eurofarma.

A renovação do contrato do piloto de 22 anos foi anunciada na última semana, e ele será companheiro de Ricardo Zonta na RCM. Por esta razão, o GRANDE PRÊMIO procurou Baptista para que ele comentasse como se deu a renovação – a qual ele já havia afirmado que esperava que ocorressse graças aos bons resultados obtidos em 2019. 

Bruno Baptista (Foto: Duda Bairros/Vicar)

"Quando acabou meu contrato com a Hero, quando corri com o Meinha (2018), eu fiquei sem patrocínio. E você sabe que o Meinha, ele e o [Andreas] Mattheis, possuem as equipes mais procuradas nesses últimos dois anos. Todos os pilotos vão procurá-los para ver se tem vaga, para entrar na equipe", disse Baptista.

"Porque o Meinha não é aquele cara que tem de procurar piloto para correr para ele, como as outras equipes precisam. E ele tem essa facilidade porque é dono de uma das melhores equipes, está sempre lá na briga. Em 2018 eu já vim trazendo bons resultados com ele. E aí eu fiz o ano de 2019 muito bem, acho que todos os meus objetivos foram cumpridos", seguiu.

Paddockast
O MELHOR CONTEÚDO DO ESPORTE A MOTOR PARA OUVIR QUANDO QUISER

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Objetivos, estes, que eram a ida ao pódio mais de uma vez na temporada, uma vitória e o top-10 no final: todos, de fato, foram alcançados. Mesmo assim, ele pensa que dava para ter ido ainda além.

"Acho que era um ano para ser um pouco melhor, tive um pouco de azar numas corridinhas, mas corrida é assim, é difícil você ser 100% toda corrida. Se você ver, o Thiago Camilo, o Daniel Serra, todos os pilotos têm uns deslizes em uma corrida ou outra. A sorte nunca está 100% com você. E aí, eu fiz um ano espetacular", opinou.

Outro ponto abordado na entrevista, em termos de renovação de contrato, foi a questão de patrocinador – já que a Stock Car sofre financeiramente. E Baptista comentou que, por exemplo, em 2019 o desempenho na pista teve o acréscimo de seu desempenho em outra área para que a continuidade na categoria fosse possível.

"Em 2019 eu tinha renovado com ele, com a saída da Hero estava sem patocinador, mas renovei com ele. A WebMotors me procurou, e eles queriam um piloto jovem,  tinham visto que eu era um dos jovens da categoria e tinham observado durante o ano para me pegar para o ano seguinte. E eles viram que eu me comportei super bem nas pistas, que eu fazia o trabalho de marketing da Hero muito bem e me encaixava no perfil deles", contou.

Bruno Baptista (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Para 2020, Bruno ainda não tem um patrocinador fechado, mas espera anunciar tudo nos próximos dias: incluindo seu parceiro para a corrida de Duplas.

"Eu já tenho alguns patrocinadores já bem encaminhados, ainda não assinei contrato porque estou fora do Brasil, volto daqui uns dias, e também a gente tenta ver tudo isso antes do Natal, mas quando chega o Natal é difícil você entrar em contrato com empresas, porque todo mundo para. Em janeiro, a maioria está de férias, é difícil. Mas estou renovado com o Meinha, já tenho meu contrato, ele ficou super feliz que eu quis renovar."

"Acho que terei novidades para anunciar daqui umas duas semanas, até o meio de fevereiro. Até lá acho que defino tudo, até mesmo meu parceiro para a Corrida de Duplas. Já vou anunciar logo. Mas é isso, renovei na pista e os patrocinadores já, já eu anuncio", concluiu.

A Stock Car volta no dia 29 de março, com a disputa no formato de duplas em Goiânia

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar