Stock Car

Barrichello explica avanços no limite na classificação em Goiânia e comemora 4° lugar: “Hoje durmo tranquilo”

A quarta colocação no grid da etapa de Goiânia da Stock Car faz parecer com que o treino de classificação de Rubens Barrichello tenha sido dos melhores neste sábado (18) - mas não foi. E o #111 explicou como “dorme feliz” por ter melhorado tanto no Q3 após passar 'na régua' nas duas primeiras partes

Grande Prêmio, de Goiânia / FELIPE NORONHA, de Goiânia
No Q1 do treino de classificação deste sábado (18), Rubens Barrichello passou em 15° - o último a avançar de fase. No Q2, ficou em sexto - sim, novamernte no limite. E enfim, na parte final, ele conquistou o quarto lugar - em grid que terá Thiago Camilo na pole, como no Velopark e no Velo Città.

Após a classificação da terceira etapa da Stock Car ser encerrada em Goiânia, o GRANDE PRÊMIO perguntou ao #111 como conseguiu passar tão 'apertado'. E ele explicou que algumas melhorias foram feitas a tempo.

"É o limite do acerto, de calibragem. O carro vai melhorando... A gente estava um pouco ‘folgado’ demais nessa primeira parte da classificação, porque estávamos muito bem de manhã", disse ele nos boxes da Full Time.

"Na verdade o que mudou foi o calor. É supor o que o calor vai fazer. Na primeira classificação o carro estava saindo de frente demais, mas depois ele deu uma melhorada com o uso do pneu. E a volta foi muito boa no Q3. A verdade é que a volta foi uma das melhores mesmo, entre as minhas na Stock Car", seguiu.
Rubens Barrichello (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Em seguida, o líder do campeonato comemorou a quarta colocação, já que quase caiu eliminado em duas fases do treino. "Passou muito na régua. Mas passar é o que vale."

"Então a gente progrediu, passou de novo na régua no Q2... Eu estou feliz. Porque quando você passa tão na régua assim, e ainda melhorar, tirar alguma coisa, mais um pouquinho, foi bom, foi bom."

"Não importa a posição que você está, importa o que eu falei para o Maurício (Ferreira, chefe da Full Time) quando acabou a volta: hoje eu posso dormir tranquilíssimo. Caímos para quarto, mas mesmo assim estou feliz.", concluiu Barrichello.

Ele larga na quarta posição às 13h (de Brasília) do próximo domingo, na corrida 1 em Goiânia. A corrida 2 está marcada para 14h08. GRANDE PRÊMIO cobre tudo 'in loco' com o repórter Felipe Noronha.