Cacá encerra temporada sem títulos pela primeira vez desde 2008: “É meio frustrante, mas faz parte”

Pentacampeão da Stock Car, Cacá Bueno admitiu que é “meio frustrante” fechar 2013 sem comemorar um título, mas disse que esse foi um bom ano e revelou que pretende disputar duas taças em 2014

Cacá Bueno não teve a oportunidade de comemorar nenhum título em 2013. Trata-se de algo raro na carreira do pentacampeão da Stock Car: desde 2008 que o carioca não terminava uma temporada sem ser campeão de nenhum certame. “Faz tempo, né?”, disse o piloto, que ainda não havia atentado para o fato até ser perguntado sobre.

Campeão da Stock Car em 2009, 2011 e 2012 e do finado Trofeo Linea entre 2010 e 2012, Cacá encheu a estante de troféus nas últimas cinco temporadas. Neste ano, contudo, foi terceiro na Stock Car e andou no meio do grid no Mundial de GT, na Europa.

Na categoria nacional, a disputa se estendeu até última etapa, a Corrida do Milhão. Mas, diferentemente do que costuma acontecer, ele chegou à prova apenas no papel de 'azarão' na briga com o campeão Ricardo Maurício, Thiago Camilo e Daniel Serra. Terceiro na pista, ficou em terceiro também na tabela de pontuação. Coincidentemente, Maurício faturou o título pela primeira vez justamente em 2008.

Dessa vez, Cacá apenas observou a festa dos adversários (Foto: Felipe Tesser/Agência Warm Up )

“É meio frustrante, mas faz parte. Estou feliz pelo trabalho que a gente fez e por brigar por um título mais uma vez. Pensar que a ganhar duas corridas de Stock, quase uma Corrida do Milhão, ser terceiro no campeonato… Não é pouca coisa. Foi bom o suficiente”, falou em entrevista ao GRANDE PRÊMIO.

“Sei que muitos tiveram problemas. O Khodair teve muitos, o Átila… Mas, para quem estava disputando o título, tive um pneu dechapado em Tarumã, uma batida no Velopark, uma desclassificação em Cascavel e um furo de pneu em Brasília. Eu tive muitos problemas”, acrescentou o piloto.

Os planos para 2014 ainda não estão totalmente definidos. A continuação na Stock Car com a Red Bull é certa, mas Cacá pretende disputar um segundo campeonato. O Mundial de GT é prioridade, porém, os planos da equipe brasileira também precisam ser definidos para que o piloto saiba exatamente o que fará.

“O GT não está fechado ainda. Tenho proposta de outras categorias, da SuperTC 2000 [na Argentina] e do Brasileiro de Marcas. A prioridade é o Mundial de GT. Vou esperar o [Antonio] Hermann definir a vida dele e, quando definir a vida dele, eu defino a minha. Mas é certeza absoluta que vou fazer dois campeonatos”, afirmou.

A meta de Cacá, revelada após a conquista do penta no ano passado, é ser campeão da Stock Car oito vezes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube