Camilo obtém vitória no STJD com redução de pena e festeja: “Que seja tudo definido como deve ser, na pista”

Na última terça-feira, Thiago Camilo foi julgado pela Comissão Disciplinar do STJD da Confederação Brasileira de Automobilismo, no Rio de Janeiro, por conta do acidente na largada da corrida 2 da etapa de Londrina. O piloto da A.Mattheis/Ipiranga, que inicialmente fora excluído da prova, mas garantiu efeito suspensivo para a etapa de Buenos Aires, teve a pena reduzida para advertência, além de multa. Assim, não há mais o risco de largar no fim do grid como parte da punição

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Na briga pelo título da Stock Car, Thiago Camilo obteve uma vitória fundamental para as suas pretensões na última terça-feira (17), mas não necessariamente na pista. Na Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Automobilismo, no Rio de Janeiro, Thiago Camilo teve seu recurso julgado em razão do acidente na largada da corrida 2 da etapa de Londrina, em setembro, e da exclusão da prova, determinada pelos comissários. A punição foi reduzida para uma advertência por escrito, além de multa de R$ 11 mil. 

 
À época, Camilo foi considerado culpado pela múltipla batida e sofreu a punição mais dura ao ser excluído da prova. Assim, o piloto da A.Mattheis/Ipiranga teria de largar da última posição do grid da corrida 1 em Buenos Aires.
 
No entanto, Camilo conseguiu um efeito suspensivo e disputou normalmente a etapa de Buenos Aires, onde conseguiu se aproximar ainda mais de Daniel Serra, o atual líder do campeonato, reduzindo sua diferença para apenas quatro pontos.
Na luta pelo título da Stock Car, Camilo teve uma importante vitória no STJD da CBA (Foto: Carsten Horst/Hyset)
Às vésperas da etapa de Tarumã, rodada dupla que acontece neste fim de semana e que também promete ser decisiva para os rumos da briga pelo título, Camilo obteve uma grande vitória na Comissão Disciplinar do STJD. 
 
Da exclusão da prova em Londrina e da consequente obrigatoriedade de largar no fim do grid — que o prejudicaria demais na luta direta com Serra, Felipe Fraga e Átila Abreu, os maiores adversários na briga pelo campeonato —, a punição foi reduzida para uma advertência por escrito, além de uma multa de 50 UPs (ou R$ 11 mil). Camilo foi defendido pelo advogado Marcelo Aiquel.
 
“Deixando o Rio de Janeiro com uma vitória junto à Comissão Disciplinar do STJD, onde reduziram a pena aplicada a mim na corrida de Londrina, de exclusão para advertência. Consideraram junto a depoimentos de comissários uma pena extremamente grave para um piloto que teve, sempre, uma trajetória limpa e de lealdade no automobilismo”, explicou Camilo por meio da sua conta no Instagram pouco depois de sair a decisão.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Agradeço muito às considerações e espero que, daqui pra frente, nenhuma força extra seja feita para tirar uma disputa limpa e bonita que vem acontecendo desde o começo do campeonato. Que principalmente o público e os amantes do nosso esporte possam usufruir de tudo isso nas provas finais e que todos os concorrentes tenham as condições de igualdade que merecem”, declarou o atual vice-líder do campeonato.

 
“Que vença o melhor, sendo eu ou não o campeão, que seja tudo definido como deve ser, na pista! Vamos em frente”, complementou.
RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube