Camilo vê evolução durante etapa de Londrina, mas só lamenta vitória que “escapou por uma questão de sorte”

O fim de semana da etapa de Londrina marcou o melhor resultado de Thiago Camilo na temporada 2018 da Stock Car até agora. Entretanto, o quarto lugar na corrida 2 no Autódromo Ayrton Senna poderia ter sido até uma vitória, na visão do três vezes vencedor da Corrida do Milhão: “Se o safety-car não tivesse entrado antes da abertura da janela de pit-stops, teria vencido a corrida”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

É possível dizer que a quarta etapa da temporada 2018 da Stock Car, em Londrina, tenha sido um ponto de virada para Thiago Camilo no campeonato. O atual vice-campeão teve um começo complicado com poucos pontos nas três primeiras rodadas do ano, mas a volta ao circuito onde venceu pela última vez, em 2017, foi uma espécie de alento. Londrina marcou o melhor resultado de Thiago na temporada, com o piloto chegando em quarto lugar na corrida 2. Entretanto, ficou um gosto amargo pelo fato de o #21 entender que poderia ter ido ainda melhor.

 
Na primeira corrida do fim de semana, Camilo largou em 12º com um objetivo claro em mente: chegar no rol dos dez primeiros, de preferência até em décimo, para alcançar a pole-position da segunda prova, levando em conta as notícias dificuldades de se ultrapassar em Londrina.
 
A estratégia adotada pela equipe chefiada por Andreas Mattheis deu certo. Thiago fez um pit-stop rápido e fez apenas a troca de pneus, mas sem precisar abastecer. Assim, e também com o acionamento de vários botões de ultrapassagem para se segurar no top-10, o #21 atingiu o primeiro objetivo do fim de semana: décimo lugar na corrida 1 e pole-position na prova derradeira do fim de semana.
Thiago Camilo e a frustração por ter ficado perto da vitória em Londrina (Foto: Duda Bairros/Vicar)
De quebra, Camilo ainda foi o mais votado na eleição do Hero Push. O piloto, que é um dos mais populares do grid da Stock Car, passou a contar com o reforço de um botão de ultrapassagem extra para tentar segurar os adversários e voltar a vencer na Stock Car.
 
Thiago fez a chamada lição de casa e liderou as primeiras voltas da corrida, conseguindo até abrir uma vantagem confortável perante o segundo colocado, Cacá Bueno. Até que o safety-car foi acionado em razão do incidente envolvendo Antonio Pizzonia e Denis Navarro. Aí a diferença que separava Camilo do pelotão foi neutralizada.
 
Logo após a retomada da corrida, a direção de prova abriu a janela para o pit-stop obrigatório. Camilo puxou a fila e colocou mais combustível. Contudo, Átila Abreu, Lucas Di Grassi, Rubens Barrichello e Daniel Serra, perderam menos tempo no reabastecimento e voltaram muito próximos. Com um carro mais pesado em relação aos seus oponentes, Thiago virou presa fácil e foi ultrapassado. Ainda assim, marcou pontos importantes com o quarto lugar, seu melhor resultado no ano.
 
“Nossa estratégia estava dando certo. Mandei o sapato no início da corrida e já tinha livrado 3s para o Cacá. Como eu tinha usado muito o botão de ultrapassagem para chegar em décimo na primeira corrida, sabia que vários pilotos teriam mais pushes do que eu, e sabia que faria uma parada longa porque precisava botar muito combustível”, explicou Thiago.
 
“Mas, com tudo isso, se o safety-car não tivesse entrado logo antes da abertura da janela de pit-stops, eu teria vencido a corrida”, disse o piloto, que lamentou por não ter conseguido ir além em Londrina.
 
“Realmente a vitória escapou por uma questão de sorte, mas saímos daqui certos de que a equipe está em evolução e vamos para a próxima corrida, em Santa Cruz do Sul, brigar pelas primeiras colocações”, complementou.
 
A próxima etapa da temporada 2018 da Stock Car acontece entre os dias 18 e 20 de maio no interior gaúcho. O GRANDE PRÊMIO cobre tudo ‘in loco’.
CAMINHO PARA VIRAR LENDA

TRÍPLICE COROA É O QUE SOBROU PARA CARREIRA DE ALONSO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube