Stock Car

Casagrande deixa equipe 'de casa' após três anos e assina pela Vogel para temporada 2017 da Stock Car

Gabriel Casagrande vai ‘sair de casa’ depois de três anos correndo pela equipe do pai, Edson Casagrande, a C2 Team. A partir da próxima temporada, o paranaense de 21 anos vai defender a tradicional Vogel, chefiada pelo experiente preparador Mauro Vogel e pelo ex-piloto Gualter Salles
Warm Up, de Interlagos / FERNANDO SILVA, de Interlagos
 Gualter Salles, Mauro Vogel e Gabriel Casagrande festejam união para 2017 (Foto: Rodrigo Guimarães/MS2)
 
Gabriel Casagrande vai ter a chance de correr por uma nova equipe na próxima temporada da Stock Car. O paranaense de 21 anos vai se transferir da C2 Team para a Vogel, time chefiado pelo experiente preparador Mauro Vogel e pelo ex-piloto Gualter Salles. Não será uma transferência simples, já que Casagrande sempre correu pela C2, equipe do pai, Edson Casagrande. Vai ser uma grande mudança nos rumos da carreira do jovem piloto, que também disputa paralelamente o Brasileiro de Marcas em 2016 e está muito perto de chegar ao título.
 
Será a quarta temporada de Casagrande na Stock Car depois de correr as três primeiras temporadas pela C2. “Estou muito feliz em poder correr no time do Mauro Vogel, que é um dos maiores nomes das pistas e tem um time vencedor. Espero ter um grande 2017 e fazer um grande trabalho na Stock Car”, disse Gabriel.
Gualter Salles, Mauro Vogel e Gabriel Casagrande festejam união para 2017 (Foto: Rodrigo Guimarães/MS2)
Atualmente, a Vogel conta com os experientes Denis Navarro e Rafael Suzuki. Navarro está de saída da equipe e vai rumar para o segundo time da Cimed, o GRANDE PRÊMIO pode confirmar. Por sua vez, Suzuki ainda busca um acerto para a temporada 2017 da Stock Car.

Para 2017, a Vogel, além de contar com novo piloto, também terá um novo patrocinador. Sai a Geolab e entra a Axalta, levada por Casagrande. Mauro Vogel comemorou a chegada do jovem talento paranaense. “Nós sempre gostamos de trabalhar com pilotos jovens. O jovem sempre escuta mais e está mais aberto a ouvir sugestões e olhar para os teus cabelos brancos e saber que você não está falando isso do nada, pois são anos de experiência”, disse.
 
A Vogel, aliás, foi a primeira equipe da carreira de Felipe Fraga na Stock Car. O paraense criado no Tocantins e hoje morando em Curitiba está muito perto de faturar o título neste fim de semana.
 
Gualter Salles, sócio de Mauro Vogel no time de Petrópolis, mostra confiança em novos e bons momentos para a equipe na temporada 2017.
 
“Venho trabalhando já há alguns meses para fecharmos contrato com o Gabriel. Desde a época que ele corria de (Brasileiro de) Turismo o acompanhamos, onde ele e o Felipe disputaram o título, e ele lutou até o fim. Como o Fraga veio correr com a gente no outro ano, nós acompanhamos bem de perto aquele campeonato. Sabemos do potencial que ele tem e vai ser uma felicidade muito grande estar com ele no ano que vem. Tenho certeza de que estaremos muito competitivos. Não é à toa que temos 20 poles e 14 vitórias”, destacou o ex-piloto carioca ao falar do retrospecto da Vogel na Stock Car.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a grande final da Stock Car com grande equipe: os jornalistas Fernando Silva, Gabriel Curty, Nathália de Vivo, Pedro Henrique Marum, Vitor Fazio e o repórter fotográfico Rodrigo Berton.