Casagrande vence corrida 1 em Goiânia. Ramos e Foresti fecham pódio

Praticamente de ponta a ponta, Gabriel Casagrande venceu pela primeira vez na temporada 2019 da Stock Car na manhã deste domingo (24). César Ramos e Lucas Foresti foram ao pódio, enquanto Daniel Serra venceu uma batalha com Thiago Camilo nas voltas finais e finalizou em quarto. Felipe Fraga foi o sexto

Gabriel Casagrande teve uma manhã perfeita de domingo ao largar na pole-position, liderar praticamente de ponta a ponta e vencer pela primeira vez na temporada 2019 ao triunfar na corrida 1 da etapa de Goiânia. O piloto da Crown Racing só foi superado mesmo durante a janela de pit-stop, mas depois retomou a ponta para cruzar a linha de chegada sem maiores dificuldades. Assim como Casagrande, César Ramos e Lucas Foresti obtiveram seus respectivos melhores resultados no ano e completaram o pódio.
 
Concorrentes direto na luta pelo título, Daniel Serra e Thiago Camilo duelaram nas voltas finais, com o bicampeão levando a vantagem ao fazer a ultrapassagem e terminar em quarto, seguido pelo piloto da Ipiranga A.Mattheis. Felipe Fraga garantiu o sexto lugar, seguido por Nelsinho Piquet, Guilherme Salas, Valdeno Brito e Julio Campos. Ricardo Maurício e Rubens Barrichello, que abriram o fim de semana com chances de título, finalizaram em 16º e 19º, respectivamente.
Gabriel Casagrande venceu pela primeira vez em 2019 neste domingo (Foto: Bruno Terena/RF1)
Saiba como foi a corrida 1 da Stock Car em Goiânia 

Antes da execução do Hino Nacional, os mecânicos da Crown Racing correram contra o tempo depois de detectarem um problema no sensor do acelerador do carro do pole. Mas a equipe conseguiu reparar o problema e deixou tudo pronto para a largada nesta manhã em Goiânia.

As posições de topo foram mantidas depois da largada: Gabriel Casagrande na frente e seguido por Thiago Camilo, César Ramos, Lucas Foresti e Felipe Fraga. Daniel Serra foi quem ganhou uma posição e subiu para a sexta posição. A confusão mesmo ficou no pelotão intermediário por conta de um acidente que envolveu Marcel Coletta, Bia Figueiredo e Rafael Suzuki.

Incidente envolvendo Coletta, Suzuki e Bia Figueiredo em Goiânia (Foto: Reprodução/Stock Car)

O mais jovem do grid da Stock Car rodou na última curva por conta de um problema na roda traseira direita, e Suzuki não conseguiu evitar o contato, assim como Bia. Por sorte, mesmo tendo sido praticamente em T, Coletta escapou sem maiores problemas por conta do trecho lento da pista. O safety-car foi acionado para que os fiscais de pista pudessem limpar o traçado, bastante sujo por conta dos detritos.

A relargada foi dada pouco depois, mas enquanto os líderes buscavam abrir vantagem, os problemas continuaram mais atrás. Rubens Barrichello rodou enquanto disputava posição com Diego Nunes e Gaetano di Mauro viu o pneu traseiro direito furado. Quem também tinha problemas era Max Wilson, que encostava na pista e abandonava a prova.

Rubens Barrichello roda na corrida 1 da Stock Car em Goiânia (Foto: Reprodução)

A luta pela vitória tinha Casagrande e Camilo como protagonistas, mas César Ramos aparecia muito bem e andava sempre no mesmo ritmo dos dois. Ao mesmo tempo, Di Mauro recolhia para os boxes da Shell Helix Ultra para encerrar sua jornada na corrida.

Quem fazia grande prova era Guilherme Salas. Campeão da Stock Light horas atrás, o piloto da KTF, no lugar de Marcos Gomes neste fim de semana, evoluía bem ao longo da disputa e subia para a sétima colocação.

Quando se abriu a janela de pit-stops obrigatórios, Casagrande fez primeiro sua parada, assim como Ramos. A tática da Ipiranga A.Mattheis tinha como objetivo garantir a soma do maior número de pontos na etapa. Assim, com um pit-stop mais curto, Casagrande retomou a liderança depois das paradas de Thiago e Fraga, com Ramos subindo para segundo e Lucas Foresti em terceiro. Camilo aparecia apenas na quarta posição.
Camilo volta em quarto após pit-stop em Goiânia (Foto: Reprodução)
O resultado entre os ponteiros estava praticamente definido, com Nelsinho Piquet pressionando Fraga na luta pelo sexto lugar na prova. Mais atrás, Átila Abreu era mais um a abandonar a disputa, já de olho na corrida 2.
 
No fim das contas, Casagrande coroou com sucesso uma jornada irretocável nesta manhã para vencer de ponta a ponta pela primeira vez na temporada 2019 da Stock Car, sobrevivendo com boas chances de título. César Ramos e Lucas Foresti, donos de grande performance desde a classificação, garantiram seus respectivos melhores resultados do ano e subiram ao pódio. 
 
Em disputa direta com Camilo, Serra fez a ultrapassagem no fim da corrida e cruzou a linha de chegada na quarta posição, garantindo mais uma importante vantagem para seu adversário mais direto na luta pelo título.

Stock Car 2019, Goiânia, corrida 1, final: 
1 G CASAGRANDE Crown 42:35.738 27 voltas
2 C RAMOS Blau +0.836  
3 L FORESTI Vogel +6.831  
4 D SERRA RC Eurofarma +8.466  
5 T CAMILO Ipiranga A. Mattheis +9.753  
6 F FRAGA Cimed +13.469  
7 N PIQUET Full Time +14.508  
8 G SALAS KTF +15.846  
9 V BRITO Prati Donaduzzi +17.309  
10 J CAMPOS Prati Donaduzzi +19.098  
11 C BUENO Cimed +20.197  
12 D NUNES KTF +20.967  
13 F LAPENNA Cavaleiro +24.259  
14 A KHODAIR Blau +24.723  
15 R REIS Carlos Alves +35.732  
16 R MAURÍCIO RC Eurofarma +37.571  
17 G LIMA Vogel +38.626  
18 R ZONTA Shell V-Power +39.380  
19 R BARRICHELLO Full Time +1:22.423  
20 T ANTONIAZZI Hot Car +1:25.645  
21 B BAPTISTA RCM +1 volta  
22 G OSMAN Shell Helix Ultra +1 volta  
23 A ABREU Shell V-Power +3 voltas  
24 D NAVARRO Cavaleiro +7 voltas  
25 G DI MAURO Shell Helix Ultra +21 voltas  
26 M WILSON RCM +22 voltas  
27 B FIGUEIREDO Ipiranga A. Mattheis +22 voltas  
28 R SUZUKI Hot Car +22 voltas  
29 M COLETTA Crown +27 voltas  

Paddockast # 43
QUAL FOI O MELHOR GP DO BRASIL QUE VOCÊ ASSISTIU?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube