carregando
Stock Car

Chefe vê repetição de pistas na Stock Car como “péssima e grande dificuldade”

Para Carlos Col, comandante da Stock Car, a repetição de autódromos no calendário da categoria é algo que atrapalha a imagem, mas que não tem solução no momento, devido à falta de homologação de diversas pistas

Grande Prêmio / FELIPE NORONHA, de São Paulo / JULIANA TESSER, de São Paulo / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

O calendário da Stock Car 2020 foi lançado em novembro do último ano, mas conta não só com um palco a ser definido (8 de novembro), como também um asterisco (Campo Grande, em 7 de junho) e autódromos repetidos.

Para o chefe da categoria, Carlos Col, essa repetição de palcos é um dos grandes problemas da Stock Car - mas, explica, é necessário quando se conta com tão poucos autódromos liberados para utilização.

"É uma dificuldade bastante grande que a gente está enfrentando. Temos perdido autódromos", afirmou. Em 2020, Interlagos, Goiânia e Londrina já têm a certeza de que receberão duas etapas. Juntas, elas somam seis do total de 12 que o campeonato programa.

"A gente tem esse perde-não-perde de Curitiba. Problemas em outras praças. E outras que não perdemos, mas que não foram capazes de se adequar em termos de obras, de infraestrutura, para serem homologadas pela federação. Então não podemos utilizá-las, e estamos ficando cada vez mais restritos", analisou Col.
Carlos Col (Cauê Moalli/Grande Prêmio)
Ele também criticou a situação, antes de mostrar torcida para que outras cidades consigam contornar os problemas: "As repetições são péssimas para público, para ativação de patrocinadores, para tudo. Mas, infelizmente, é nossa realidade."

"Espero que Curitiba (que recebeu a Stock Cr em 2017 pela última vez) encaminhe alguma solução, que Brasília consiga desatar o nó da reforma, que os autódromos que estao sem homologação a consigam. Não é fácil para eles."
Stock Car em Curitiba (Foto: Duda Bairros/Vicar)
"Tem que ter a mão de reforçar as leis de homologação, mas tem que ter a mão de viabilização dessas obras também, senão daqui a pouco não vamos ter mais automobilismo no Brasil, porque não vai ter mais autódromo. Temos que prover o caminho para que isso aconteça, não só esperar", completou Col.

A Stock Car 2020 começa em 29 de março, com a Corrida de Duplas em Goiânia.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.