Stock Car

Em 5º no grid de Campo Grande, Di Mauro tem melhor posição de largada em 2019

Gaetano Di Mauro foi muito bem, obrigado, na classificação da Stock Car em Campo Grande. O piloto colocou a Shell Racing na quinta colocação e vai largar com boas chances de sair do Mato Grosso do Sul com muitos pontos na bagagem

de Campo Grande / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
O novato Gaetano di Mauro terá em Campo Grande a melhor posição de largada dele na Stock Car. No último sábado, o piloto andou muito forte no traçado de Campo Grande e assegurou uma vaga no Q3 do treino classificatório. Conseguiu garantir um quinto lugar para a Shell Racing na prova deste domingo (11). 
 
Com Di Mauro abrindo a terceira fila, a primeira corrida do dia começa às 15h (de Brasília), com a segunda às 16h02. O piloto fez questão de ressaltar o trabalho da equipe entre os treinos para o resultado expressivo. 
 
"Estou feliz. Isso é fruto de todo o trabalho que temos feito, mostrando que cada corrida é uma corrida. Temos que estar de cabeça
erguida e focar sempre em melhorar a cada saída para a pista. Nós evoluímos do último treino para a classificação e tenho certeza que isso fez a gente estar aqui. Estou muito contente. Fiz duas voltas muito boas no Q1 e no Q2. No Q3, fui para o tudo ou nada e acabei escorregando na curva um, pois tinha terra na pista", afirmou.
Átila Abreu (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Átila Abreu foi ao Q2 e conseguiu anotar a 11ª colocação. Embora esperasse largar mais à frente, acredita em boas chances de marcar pontos.
 
"Obviamente depois do TL2 a gente buscava estar no Q3. Mas não tivemos velocidade para isso. Não conseguimos converter nosso potencial em performance durante a segunda parte da classificação, mas acredito que podemos pontuar bem, mesmo sem push-to-pass. Esta é uma pista de muito desgaste de pneu, então a corrida tende a ser bem complicada. Assim vamos trabalhar na estratégia para sair daqui com bons pontos no campeonato", disse.
 
Galid Osman e Ricardo Zonta tiveram problemas no carro logo no começo da sessão. Galid vai largar no 25º posto e Zonta, que sofreu com uma questão no acelerador, sequer conseguiu marcar volta rápida. Sai no fim do grid.
 
"Acho que quebrou alguma coisa no carro durante o Q1 e não conseguimos andar direito. Vamos agora trabalhar na estratégia, entender o que aconteceu e tentar pontuar o máximo possível", falou Osman.
 
"Andamos bem durante os treinos, o carro está muito rápido. Quando fui sair do box, o acelerador não funcionou. Eu acelerava, mas o acelerador não funcionava. Voltou a funcionar, dei meia volta e apagou tudo de novo. Agora ficou difícil. O carro é rápido, mas largando em último é difícil almejar chegar entre os 10 primeiros. Vamos ver o que aconteceu e vir com tudo amanhã brigar pelos pontos", fechou Zonta.


Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.