Em Tarumã, Camilo aproveita abandono da Khodair e vence pela primeira vez na temporada

Liderando com tranquilidade, Allam Khodair teve um problema durante a etapa de Tarumã e abriu caminho para a vitória de Thiago Camilo, que venceu pela primeira vez na temporada. Átila Abreu e Daniel Serra completaram o pódio

Nona etapa da temporada, a prova em Tarumã prometia muito neste domingo (30) por conta das altas temperaturas e do desgaste excessivo de pneus durante os 40 minutos de corrida. E se a prova não teve grandes emoções, acabou sendo boa para Thiago Camilo.

Allam Khodair largou na primeira colocação e caminhava para uma vitória tranquila, mas seu carro teve um problema e ele foi aos boxes. E quem aproveitou foi Camilo, que assumiu a primeira colocação e, mesmo com os pneus desgastados, conseguiu a vitória.

Discreto durante toda prova, Átila Abreu conseguiu a segunda colocação, com Daniel Serra completando os três primeiros colocados. Os pilotos que protagonizaram o grande duelo da corrida foram Ricardo Maurício e Cacá Bueno, que disputaram palmo a palmo a quarta colocação, mas quem se deu bem foi o piloto da Eurofarma, que segurou o concorrente ao título e assegurou a quarta colocação. Cacá foi o quinto.

Valdeno Brito ficou com a sexta colocação, Max Wilson, Denis Navarro, Nonô Figueiredo e Ricardo Zonta completaram os dez primeiros colocados. No campeonato, Cacá segue na primeira colocação, com 131 pontos, dois a mais que Maurício. Com 117, Serra está na terceira colocação. 

A próxima etapa, a décima, acontece em Curitiba no dia 21 de outubro.

Thiago Camilo venceu a prova em Tarumã (Foto: Miguel Costa Jr./MF2)

Confira como foi a etapa da Tarumã

Khodair conseguiu manter a primeira colocação sem grandes problemas, com Abreu na segunda colocação com Thiago Camilo em terceiro. E os três primeiros colocados abriam uma boa vantagem com relação aos outros pilotos. Daniel Serra ocupava a quarta colocação e via, de longe, a briga pela liderança.

Após bater, Xandinho Negrão foi aos boxes, mas acabou abandonando a prova. Líder do campeonato, Cacá Bueno ganhou duas posições e pulou para nono, porém tinha apenas 0s139 de vantagem para Duda Pamplona, o décimo colocado.

As primeiras paradas nos boxes começaram ainda no início da prova e, como a TV mostrou, o desgaste dos pneus era muito alto ao longo da corrida, porém muitos tinham o objetivo de não parar. Indo bem, Khodair mantinha primeira colocação com quase 3s de vantagem para Camilo, ainda o segundo colocado e piloto mais rápido da pista. Discreto, Abreu seguia na terceira colocação.

Camilo conquistou a primeira vitória no ano (Foto: Stock Car)

Na saída da reta principal, Max Wilson fez uma bela manobra e ultrapassou Felipe Maluhy para assumir a sexta colocação. E foi uma das poucas mudanças de posição em pouco menos de 17 minutos de prova.

Serra e Átila começaram um duelo pelo terceiro posto, e Ricardo Maurício, o quinto colocado, veio junto e ficou de olho na disputa. Mas o piloto da Pioneer conseguiu abrir vantagem e deixou Serra disputando o quarto posto com Maurício e Max Wilson, que conseguiu a aproximação após a disputa de posição entre os dois.

Com problemas, Maluhy abandonou a prova. E quem teve problemas foi Khodair, que foi lento para os boxes e precisou fazer uma parada que não estava programada pela equipe. Com isso, Camilo assumiu a primeira colocação da etapa faltando poucas voltas para o final. Abreu pulou para segundo e Serra assumiu o terceiro posto. Khodair caiu para 21º e colocou um ponto final na chance de vitória.

Apresentando um bom ritmo, Cacá Bueno era o quinto colocado nos minutos finais da prova. Um pouco mais à frente, Abreu perseguia Camilo, que tinha muitas dificuldades para administrar o desgaste dos pneus faltando pouco mais de cinco minutos para o final da corrida.

Maluhy liderava a prova, mas abandonou a briga pela vitória. Ele acabou em11º (Foto: Miguel Costa Jr./MF2)

Quem trocou os pneus estava com um desempenho muito superior aos outros na parte final da corrida, mas nenhum ponteiro havia trocado e quase todos os primeiros colocados estavam sofrendo para manter o equilíbrio do carro na pista. Ricardo Maurício era um dos que estava sofrendo muito e quem pressionava pela quarta colocação era Cacá. Mas o piloto da Red Bull não conseguiu a ultrapassagem e Maurício conseguiu manter a posição.

Na ponta, Abreu diminuiu a vantagem de Camilo para pouco mais de 1s, mas, com os pneus desgastados, não conseguia uma nova aproximação. Na briga pela quarta colocação Cacá tentou uma nova ultrapassagem, mas Maurício manteve a quarta colocação.

Sem grandes dificuldades, Camilo cruzou a linha de chegada e conseguiu sua primeira vitória na temporada.

Stock Car, Tarumã, Corrida, Final

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube