Stock Car
10/09/2018 05:00

Fraga esquece erro no pit-stop e celebra diminuição de distância para líder Serra: “Fantástico, fantástico”

Felipe Fraga não conseguiu vencer a corrida 1 em Cascavel, apesar da pole. Mas celebrou mesmo assim, por um motivo óbvio: com o abandono de Daniel Serra, diminuiu a distância para o líder de 44 para 12 pontos
Warm Up, de Cascavel / FELIPE NORONHA, de Cascavel
 Felipe Fraga (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car/Vipcomm)
Felipe Fraga não venceu nenhuma das corridas em Cascavel, apesar da "volta perfeita" de sábado, quando garantiu a pole para a abertura da rodada dupla do último domingo (9). Mas saiu muito feliz do autódromo paranaense.

É fácil de explicar: com a segunda colocação na corrida 1 e a sétima no encerramento da etapa, ele conseguiu assumir a vice-liderança do campeonato e cortar a vantagem de Daniel Serra de 44 para 12 pontos.

Desta forma, o resumo que deu do dia em declaração ao GRANDE PRÊMIO foi bem claro: "Fantástico, fantástico."

"Esse é o objetivo: tirar pontos do Daniel, ainda mais tirar muitos assim, melhor ainda", explicou o piloto da Cimed.


Essa queda na vantagem do piloto da RC Eurofarma fez com que Fraga até esquecesse o erro no pit-stop de sua equipe que lhe custou o triunfo em Cascavel. Foi nos boxes que ele, então líder, perdeu a posição para Lucas Di Grassi, que acabou triunfando.

"(Foi um dia) Bem mais positivo por isso. Acho que minha equipe tem todo direito de errar, a gente já teve tantos momentos bons juntos que não é um pit-stop que vai me fazer ficar triste com eles", afirmou.

"A gente tem que ganhar mais, de fato. Não é a primeira corrida em que eu perco posição no pit-stop. Mas é isso: a gente ganha e perde junto, vou pensar só pelo lado positivo", completou Fraga.

A busca pelo título que parecia improvável há poucas etapas segue para Fraga, Serra e companhia em duas semanas, na etapa do Velo Città, nona da temporada 2018 da Stock Car. 
Felipe Fraga reduziu muito a diferença para Daniel Serra na luta pelo título (Foto: Bruno Terena/RF1)