Full Time exalta Suzuki e promete recorrer “em todas as instâncias” após desclassificação

Em comunicado oficial, a Full Time Sports garantiu que irá recorrer “em todas as instâncias” da decisão da CBA de desclassificar Rafael Suzuki da etapa no anel externo de Curitiba

Herta bateu no muro em Nashville (Vídeo: NBC)

A festa em razão de uma grande jornada com pole e vitória de Rafael Suzuki na corrida principal da etapa no anel externo de Curitiba, no último domingo (8), durou apenas algumas horas. Após ser notificada da desclassificação do piloto paulista, a equipe Full Time, chefiada por Maurício Ferreira, deixou claro que vai entrar com recurso da decisão tomada pelos comissários da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) “em todas as instâncias jurídicas”.

Em comunicado publicado na conta da equipe no Instagram, ‘Mau Mau’, como é conhecido o chefe da equipe sediada em Vinhedo, explicou que um desvio na quantidade de etanol na gasolina localizada no tanque de combustível do Toyota Corolla #8 de Suzuki gerou a desclassificação do piloto.

De acordo com documentos divulgados pelos comissários técnicos da CBA, “duas amostras de combustível do veículo nº 08 foram retidas após irregularidade técnica informada aos comissários desportivos”. Os comissários também informaram que “durante a vistoria técnica, foi constatado que o combustível estava em desacordo com os padrões de referência do combustível utilizado”.

Rafael Suzuki foi desclassificado da etapa do anel externo de Curitiba (Foto: Duda Bairros/ Vicar)

Suzuki. que além de ter anotado a pole-position, havia conquistado a vitória da corrida 1 e o troféu de ‘Man of The Race’, por ter sido o maior pontuador do fim de semana, teve todas as conquistas retiradas após a punição.

Ferreira defendeu seu piloto e deixou claro que vai lutar até o fim para que as punições sejam revertidas. “Bom, pessoal, venho aqui para fazer um comunicado oficial sobre a desclassificação que recebemos hoje num dos nossos carros, o carro número 8, do Rafael Suzuki, vencedor dessa etapa de Curitiba no anel externo. O maior pontuador, na verdade, da etapa, pole-position, entre outras coisas. Um trabalho brilhante de pista do time como um todo. Sou apenas o representante e um dos membros do time. Vamos lá, só para deixar muito claro para todos nossos patrocinadores. Em especial, um carinho para os patrocinadores do carro em questão, do Rafa”.

“Dizer que nós vamos nos defender em todas as instâncias jurídicas para deixar claro e comprovado que não fizemos nenhum tipo de adulteração. O desvio encontrado na quantidade do percentual de etanol de álcool no combustível da categoria, é um desvio de 1%. Para aqueles que entendem mais disso, as normas da NP falam de vinte e cinco por cento (25%) mais ou menos um por cento (91%). No nosso foi encontrado ao invés de vinte e seis, que é a tolerância, foi encontrado 27%. E aí o técnico que estava aqui fez um relatório, e os comissários técnicos acabaram optando pela desclassificação”, explicou o chefe da equipe.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Após breve explicação do assunto, Maurício Ferreira não se estendeu a respeito dos próximos passos a serem tomados pela equipe na defesa dos pontos conquistados em Curitiba, mas garantiu que a Full Time irá recorrer da decisão. Por fim, o dirigente projetou a etapa de Goiânia, próxima do calendário, que será realizada entre os dias 18 e 19 de setembro.

“Não vou entrar no mérito, porque nós temos uma estratégia de defesa, mas deixar muito claro que nada tira o brilho e nós vamos defender esses pontos com unhas e dentes, com toda integridade e seriedade, é o histórico que nós temos positivo na nossa estatística automobilística”, seguiu.

“Então é vida que segue. Os obstáculos vêm para os grandes, e nós vamos superar mais esse. Não tira em nada o mérito da pista, como eu já disse. Vamos seguir em frente. A próxima etapa é Goiânia, dias 18 e 19 de setembro, estaremos lá lutando pela vitória, com certeza. Obrigado aos nossos fãs e o apoio dos nossos patrocinadores que temos recebido até agora. A gente vai voltar aqui com atualizações sobre o processo. Obrigado e tenham todos uma boa noite”, finalizou Maurício Ferreira.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar