Stock Car

GP in loco: ‘Quase vitória’, porco no rolete e momento fofura: Campos comenta etapa positiva em Cascavel

Júlio Campos foi o maior pontuador da etapa do último fim de semana em Cascavel. O piloto da Prati-Donaduzzi marcou 36 tentos por conta do quarto lugar na corrida 1 e do segundo na prova derradeira da rodada dupla. O paranaense conversou com Felipe Noronha e Fernando Silva
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Cascavel / FELIPE NORONHA, de Cascavel
 Júlio Campos festeja ao lado do filho, Marcos, em Cascavel (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Foi um fim de semana e tanto para Júlio Campos. O paranaense, que vem sendo um dos grandes destaques da temporada, confirmou a condição na rodada dupla de Cascavel, válida pela oitava etapa da Stock Car em 2018. Com uma atuação sólida desde os treinos livres, o piloto da Prati-Donaduzzi terminou em quarto lugar na corrida 1 e finalizou em segundo na prova derradeira. Segundo que só não foi vitória por conta da grande sorte que Átila Abreu levou no momento do safety-car para subir ao topo do pódio no Autódromo Zilmar Beux no último domingo (9).
 
Na soma dos resultados, Campos foi o maior pontuador da etapa e acumulou 36 tentos. Na esteira da cobertura do GRANDE PRÊMIO no fim de semana em Cascavel, o piloto falou com exclusividade a Felipe Noronha e Fernando Silva no GP in loco e comemorou o êxito na rodada dupla: “Voltamos para onde merecemos estar”.
 
Sétimo colocado no campeonato, agora com 128 pontos, Júlio falou ao GRANDE PRÊMIO ao lado dos filhos Marcos e Júlia, que proporcionaram um dos momentos mais divertidos da gravação. O piloto do carro #4 ressaltou também a meta de terminar o campeonato entre os três primeiros e destacou o porco no rolete servido pela equipe à imprensa na noite de sexta-feira em Cascavel.
Júlio Campos foi o maior pontuador da etapa de Cascavel (Foto: Duda Bairros/Vicar)