Stock Car

GP in loco: Suzuki destaca “uma das melhores corridas” e comemora pódio na Stock Car em Cascavel

A grande jornada no fim de semana da Stock Car em Cascavel mostrou mais uma vez porque Rafael Suzuki foi um dos pilotos que mais evoluiu ao longo da temporada. Com um trabalho bem encaixado com a Hot Car, o paulista faturou seu primeiro pódio no ano. E quase deu vitória
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Cascavel / FELIPE NORONHA, de Cascavel
 Festa de Rafael Suzuki no pódio da etapa de Cascavel da Stock Car (Foto: Duda Bairros/Vicar/Vipcomm)

O fim de semana da etapa de Cascavel, a oitava da temporada 2018 da Stock Car, teve em Rafael Suzuki um dos grandes destaques. Na corrida 1, o piloto da Hot Car travou intenso duelo com seu ex-companheiro de equipe nos tempos de Cavaleiro, Felipe Lapenna, e se deu melhor ao conseguir cruzar a linha de chegada em décimo lugar. A colocação lhe valeu a pole da corrida 2 por conta do regulamento do grid invertido.
 
E para a segunda prova, Suzuki teve performance ainda melhor e conseguiu se sustentar por praticamente o tempo todo na frente. O piloto da Hot Car só acabou sendo superado no fim por Júlio Campos e também pela enorme sorte de Átila Abreu no momento do safety-car, mas conquistou uma grande terceira colocação, seu primeiro pódio no ano e o segundo na Stock Car.
 
No GP in loco, Suzuki falou com exclusividade a Fernando Silva e Felipe Noronha sobre como viveu a rodada dupla de Cascavel. Ressaltou o fato de ter sido “uma das suas melhores corridas” ao longo de cinco temporadas na categoria e destacou, principalmente, o trabalho que vem sendo feito junto com a Hot Car: “Encaixou”, definiu Suzuki. 
 
O piloto já está garantido para 2019 com a equipe chefiada por Amadeu Rodrigues e comemorou a estabilidade e a continuidade do trabalho.
Rafael Suzuki comemora o terceiro lugar na corrida 2 da etapa de Cascavel (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)