Líder e único com dois pódios, Serra celebra bom carro. Mas lamenta regulamento: “Uma pena que é assim”

Daniel Serra é o atual campeão da Stock Car e, após duas etapas em 2018, já aparece na liderança, com boa vantagem sobre os concorrentes. Isso faz com que o piloto da Eurofarma celebra seu carro, mas há sim o que lamentar: o regulamento

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Daniel Serra pediu, no começo do ano, "um 2018 igual a 2017". Se o plano era esse, vem funcionando: atual campeão da Stock Car, ele já é o líder da categoria nesta temporada após duas etapas, além de ser o único a ter subido duas vezes ao pódio.

Na corrida 1 em Curitiba, no último domingo (8), ele chegou em segundo, anotando mais 20 pontos. Com o grid invertido na segunda prova, somou mais cinco com a décima posição. Acabou disparando na liderança, chegando aos 49 pontos, abrindo 14 do vice-líder Lucas di Grassi.

Assim, Serra falou ao GRANDE PRÊMIO sobre sua condição no campeonato: "Acho que está bom, marcamos o segundo (lugar), a gente viu que tinha carro mais uma vez para brigar pela vitória."

Daniel Serra nos boxes em Curitiba (Foto; Felipe Noronha/Grande Prêmio)

Ele também explicou como enxergou a corrida – que teve vitória de Felipe Fraga. O piloto da Cimed venceu graças a estratégia de, na parada obrigatória da corrida 1, colocar menos combustível.

"A corrida estava legal até o primeiro pit-stop. Aí, por causa desse regulamento, em que o pessoal pode abortar a primeira corrida, o Felipe voltou… Seria uma disputa legal até o final se a gente tivesse feido a mesma estratégia. Ele teve muita sorte que teve esse safety-car, mas enfim", disse.

O regulamento, aliás, foi alvo de críticas de Serra. "Uma pena que o regulamento é assim, a gente precisa ir jogando, entendendo e ver quando é que vale a pena a gente fazer isso", analisou, sobre a obrigatoriedade da parada e a chance de pilotos darem o máximo na primeira prova, 'ignorando' a segunda em caso de boa conquista de pontos.

"Estamos no começo. Falta muito ainda", finalizou o líder.

”O IMPORTANTE NÃO É SÓ LEVAR DINHEIRO”

SETTE CÂMARA TRAÇA F1 COMO META E MIRA CARREIRA SÓLIDA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube