Maior vencedor da Corrida do Milhão, Camilo mira reação em 2016: “O grande objetivo aqui é vencer a primeira no ano”

Thiago Camilo tem um retrospecto incrível na Corrida do Milhão. Apoiado nisso, o paulista busca reagir e ainda brigar por uma posição na parte de cima da tabela na temporada 2016 da Stock Car

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Thiago Camilo já teve grandes momentos na Stock Car. Um dos grandes vencedores do grid atual e três vezes no lugar mais alto do pódio da Corrida do Milhão, o paulista não vem tendo um ano fácil. Em 11 corridas, conseguiu apenas ficar no top-5 em duas delas. Porém, Camilo vem batendo na trave diversas vezes. A mais recente delas na corrida 2 de Cascavel, quando liderava e ficou sem combustível na última volta.

 
Camilo reconheceu que o ano vem sendo bem complicado para a equipe, mas explicou que isso não se deve tanto pela falta de competitividade do carro.
 
“O objetivo para essa prova é tentar a recuperação. Eu venho de finais de semana difíceis, acho que ninguém esperava que a gente tivesse tão mal no campeonato, mas aconteceram situações adversas, nem tem muito a ver com falta de competitividade”, disse ao GRANDE PRÊMIO.
 
O piloto da RCM lembrou alguns casos em que o azar apareceu e atrapalhou os planos neste ano. Bom dizer que era o #21 quem liderava a corrida em Cascavel até a volta final, quando ficou sem combustível.
 
“Na corrida passada, meu combustível acabou faltando duas curvas quando eu ia ganhar. Em Tarumã, eu quebrei na primeira bateria, saí de último e não ganhei a segunda corrida por muito pouco contra o Campos, tinha pneus em melhores estado, precisava de mais meia volta, acho”, lembrou.
Thiago Camilo busca a redenção em 2016 na corrida que já venceu três vezes (Foto: Marcus Cicarello)
Camilo recordou seu excelente retrospecto na Corrida do Milhão e falou dos grandes momentos que viveu na prova.
 
“A Corrida do Milhão é sempre um desafio para mim. Tenho várias grandes histórias na prova. Em 2012, saí de 20º e ultrapassei o Cacá a 100 metros da bandeirada; a do ano passado teve a história do acidente e a reconstrução do carro, a equipe vindo de Curitiba para São Paulo e fazendo tudo em seis dias; em 2014, tive uma grande disputa com o Rubens e perdi por pouco; na de 2013, que é a que mais me dói, meu câmbio quebrou no final, eu perdi o Milhão e ainda deixei de ser campeão”, comentou.
 
O paulista encerrou mostrando confiança na volta por cima da RCM a partir de um bom resultado neste fim de semana.
 
“Nossa motivação vai ser essa: buscar a primeira vitória do ano, tentar uma reação. Sei o quanto isso é difícil, mas sei também que temos potencial e eu acredito que a gente pode dar a volta por cima em Interlagos mais uma vez”, completou.
 
Camilo vai ter trabalho para conseguir essa reação. O piloto do #21 ocupa, até aqui, a 17ª posição, 76 pontos atrás do líder Felipe Fraga.

GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco' o fim de semana da Corrida do Milhão em Interlagos com grande equipe: os repórteres Fernando Silva, Gabriel Curty e Rodrigo Berton.
 
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube