Massa destaca “corrida maravilhosa” de Cacá em Interlagos, mas lastima falha no motor: “Estava no caminho do pódio”

Uma das grandes atrações da Corrida de Duplas da Stock Car, Felipe Massa não teve muita chance de mostrar seu talento e todo o conhecimento sobre o circuito de Interlagos na sua estreia pela Stock Car. Depois de ver o anfitrião Cacá Bueno subir de 11º para terceiro com a pista muito molhada, o convidado enfrentou problemas no motor durante uma das relargadas. A dupla concluiu a disputa em 13º lugar

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A corrida de estreia de Felipe Massa na Stock Car não foi exatamente da maneira como o esperado para o piloto, que disputou sua primeira prova oficial depois de se aposentar da F1. Na Corrida de Duplas, realizada no último sábado (10) em Interlagos, o anfitrião de Massa no carro #0 da Cimed, o pentacampeão Cacá Bueno, fez uma grande primeira metade de prova, quando a pista estava bem molhada em razão da pancada de chuva que desabou durante a volta de apresentação, saindo de 11º para terceiro. Contudo, Massa deu azar e enfrentou uma falha no motor no seu turno, durante uma das relargadas da prova. No fim das contas, a dupla terminou a jornada em 13º.

 
“O Cacá fez uma corrida maravilhosa e foi espetacular com a pista molhada. Estava tudo perfeito, mas, quando teve a relargada, eu estava sem potência e cinco carros me passaram logo na reta dos boxes. Foi uma pena isso acontecer, principalmente porque o carro tinha um bom acerto, estava tudo no caminho para o pódio”, lamentou Felipe.
 
Massa destacou o trabalho feito desde a quarta-feira para se adaptar à condução do carro da Stock Car, completamente distinto do que estava acostumado na F1. O piloto ressalta que se divertiu muito neste fim de semana, sendo uma das grandes atrações da visitação para os fãs que a Stock Car promoveu antes da largada da Corrida de Duplas.

Felipe Massa não teve a estreia que gostaria na Stock Car em Interlagos (Foto: Bruno Terena/RF1)

“Nós merecíamos um bom resultado pela nossa evolução ao longo da semana, mas não deu certo. Queria agradecer a todos da Cimed Racing e dizer que foi muito bacana estar aqui nessa semana de Stock Car”, declarou o convidado de Cacá, que já fala em voltar. “Sem dúvida, ficamos chateados com o problema de motor, mas vão ter outras corridas para eu fazer”, complementou.
 
Cacá Bueno ficou bem satisfeito com o trabalho feito por Massa. Por outro lado, lamentou a chance perdida de somar pontos e também o problema no motor, algo que o pentacampeão sofreu ao longo da temporada passada.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“O Felipe sempre esteve entre os mais rápidos dos convidados nos treinos, uma pena a perda de potência depois. O pit-stop nosso não foi bom, então precisamos analisar o motivo disso, mas nossa queda na corrida foi por causa do motor, que infelizmente não é de responsabilidade do time. Sofri muito com motor no ano passado inteiro e já começo 2018 de maneira parecida”, comentou o carioca.

 
“A vinda do Massa foi de excelente repercussão para todos, para a categoria, para a Cimed Racing, mas fico desapontado pelo resultado da corrida. É muito ruim começar o ano sem pontos”, finalizou Cacá Bueno.
ENQUANTO A MERCEDES RESPIRA CALMARIA

CONCORRÊNCIA MOSTRA ARES DE PREOCUPAÇÃO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube