Maurício afirma que trabalho conservador da RC nos boxes custou vitória na etapa de Curitiba

O piloto paulista disse que a equipe colocou mais combustível que o necessário com medo de uma pane seca nas voltas finais. Apesar disso, o piloto se disse satisfeito em novamente terminar no pódio

Largando na pole-position em Curitiba, Ricardo Maurício tinha boas chances de encerrar um incômodo jejum de vitórias na Stock Car, que já dura desde a Corrida do Milhão de 2010. No entanto, mesmo saindo da posição de honra, o piloto da RC perdeu colocações nas paradas nos boxes, terminando a prova deste domingo (17), com o segundo lugar

Mesmo sem voltar a subir ao degrau mais alto do pódio, o paulista se disse satisfeito com o resultado, já que é o único piloto da categoria a ter completado entre os três primeiros nas duas corridas de 2013. Maurício disse, ainda, que em um campeonato longo a consistência de resultados é importante para brigar pelo título.

Ricardo Maurício perdeu tempo no reabastecimento (Foto: Luca Bassani)

“No Brasileiro de Marcas, [a regularidade] me levou ao título e, na Stock Car, fui vice no ano passado, mesmo com a equipe vencedora tendo três vitórias a mais do que eu. Acho que num campeonato longo como esse é fundamental pensar a longo prazo”, avaliou.

Neste domingo, o piloto esteve perto de encerrar a seca. Ele liderou da largada até a décima volta, mas acabou perdendo posições nos boxes, pois Allam Khodair e Daniel Serra foram 2s mais rápidos nos reabastecimento. Maurício explicou que esse tempo perdido já havia acontecido na abertura da temporada e tem sido resultado de um conservadorismo da RC para evitar uma pane seca

“Isso também aconteceu em São Paulo, mas estamos nos adaptando aos pneus, por isso resolvemos não arriscar e abastecemos um pouco mais que o necessário. Mas vamos rever esses cálculos, embora a próxima etapa seja atípica”, explicou.

Agora a Stock Car volta às pistas em Tarumã, no dia 28 de abril, em um traçado conhecido por exigir bastante dos pneus. “Certamente não vamos poder andar no limite, como fizemos em São Paulo e Curitiba para evitar maior desgaste e até furos”, disse o piloto da RC. “Está tudo muito embolado ainda, mas estamos novamente na rota do título, disputando com grandes pilotos”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube