Stock Car

Na estreia de Vitor Baptista, Shell tem Zonta no Q3 e Di Mauro no top-10 da classificação no Velo Città

Ricardo Zonta foi um dos grandes destaques da classificação deste sábado no Velo Città, foi o mais rápido no Q2 e vai largar em sexto lugar neste domingo. Gaetano di Mauro manteve a ótima performance exibida no Velopark ao obter a nona posição do grid de largada. Vitor Baptista, que estreia na Stock Car neste fim de semana no lugar de Átila Abreu, parte em 22º, três posições à frente de Galid Osman

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Pela segunda vez em duas etapas na temporada 2019 da Stock Car, a Shell marcou presença na fase final da sessão classificatória. Ricardo Zonta foi um dos grandes destaques da sessão classificatória deste sábado (4), no Velo Città, com direito a volta mais rápida no Q2. O paranaense da Shell V-Power vai largar em sexto lugar. Outro bom nome do dia foi Gaetano di Mauro. O piloto da Shell Helix Ultra, que vai fazer sua primeira rodada dupla na Stock Car neste domingo, garantiu mais um top-10 no ano e vai abrir a quinta fila do grid de largada da corrida 1 em Mogi Guaçu, interior de São Paulo.
 
Uma das novidades do fim de semana no Velo Città, Vitor Baptista, que faz sua estreia na Stock Car ao substituir Átila Abreu — que ainda se recupera de uma fissura na vértebra L2 e foi vetado pelos médicos para a etapa —, teve boa performance no primeiro treino livre, fechando em sexto. O piloto larga em 22º lugar com o carro #120 da Shell V-Power, três posições à frente de Galid Osman, companheiro de equipe de Di Mauro na Shell Helix Ultra.
 
Baptista, aliás, ficou a apenas 0s151 de passar para o Q2 logo na sua primeira classificação na principal categoria do automobilismo brasileiro. Gaetano avançou para a segunda fase com o décimo melhor tempo, enquanto Zonta foi o 12º.
Ricardo Zonta avançou à fase final da classificação com o melhor tempo no Q2 no Velo Città (Foto: José Mário Dias)
No Q2, Zonta fez grande volta e anotou 1min28s025, o melhor tempo do segmento da sessão. O piloto inclusive se deu ao luxo de recolher o carro para os boxes para poupar pneus e equipamento, ciente do quanto seu tempo era bom o bastante para garanti-lo no Q3. Di Mauro também ficou muito próximo de avançar para a fase final e finalizou em nono, a 0s118 do grupo dos seis mais rápidos.
 
Zonta, por ter sido o mais rápido do Q2, foi o último a fazer sua tentativa de volta no Q3. Só que o #10 acabou sofrendo com o aumento da temperatura da pista e ficou longe de repetir a marca registrada minutos atrás, que inclusive lhe daria a segunda posição do grid. Ricardo ficou em sexto com 1min28s380.
Galid Osman teve um sábado complicado no Velo Città (Foto: José Mário Dias)
O experiente curitibano ressaltou a mudança de temperatura como fato importante para a perda de tempo no Q3, mas se mostra confiante em ter boa performance nas duas corridas deste domingo no interior paulista. 
 
“Trabalhamos bastante no carro tentando cuidar dos pneus, e estávamos contando com que a temperatura ficasse bem quente. No Q3, baixou bastante a temperatura e perdemos a nossa jogada, que era aproveitar o calor. Vamos analisar onde que vem o tempo, mas senti o carro escorregando nas quatro rodas. Estar entre os seis é bom, dá para fazer uma ótima corrida. Nosso carro de corrida é um dos melhores, independentemente se fizer chuva ou sol, e estou bem animado”, declarou.
Gaetano di Mauro garantiu novamente um lugar no top-10 do grid (Foto: José Mário Dias)
Di Mauro, por sua vez, destacou o bom trabalho feito ao longo deste sábado intenso no Velo Città. “Com certeza, foi um dia positivo. Não começamos tão bem, mas evoluímos em cada treino. Falta achar o equilíbrio ideal do carro, mas estamos buscando isso a cada saída. Vamos tentar nos posicionar bem no começo da corrida e ver o que vai acontecer mais para a frente”, declarou o jovem piloto.
 
Por sua vez, Vitor Baptista salientou a competitividade da categoria e lembrou que praticamente não teve tempo para se acostumar ao carro por conta do cronograma apertado deste fim de semana. “Aqui não tem chance para um errinho, você sabe que vai lá para trás, os tempos são muito próximos. Foi a primeira vez, o primeiro dia no carro, é pouco tempo para se adaptar. Mesmo assim, sabemos que temos trechos bem próximos dos primeiros colocados”, explicou.
 
“Faltou encaixar a volta. Sabíamos que poderíamos ter entrado entre os 15. Amanhã a corrida é longa, com parada nos boxes, e vamos para cima”, complementou o substituto de Átila.
Vitor Baptista faz sua estreia na Stock Car neste fim de semana (Foto: José Mário Dias)
Já Galid lamentou por não ter conseguido encaixar a melhor performance durante o Q1, o que determinou sua posição no grid da primeira corrida. O dono do carro #28 planeja uma grande recuperação para partir em busca de um bom resultado na segunda prova da etapa.
 
“Foi abaixo do que eu esperava. Não deu tempo de colocar o pneu bom no treino livre, e isso me prejudicou para o fim de semana todo. De todos os pilotos, fui o que menos andou com pneu bom, já saí com o pneu velho. Cerca de 90% do grid colocou pneu novo. Amanhã é fazer uma corrida com cabeça para tentar chegar a primeira em décimo e vamos para cima na segunda”, declarou o piloto da equipe chefiada por Maurício Ferreira, o ‘Mau Mau’.
 
A primeira das duas corridas deste domingo no Velo Città está marcada para 13h (horário de Brasília) deste domingo, enquanto a segunda e derradeira prova acontece às 14h10. O GRANDE PRÊMIO cobre tudo 'in loco' com o repórter Felipe Noronha.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.