Stock Car

Pancada assustadora paralisa primeira corrida da Stock Car em Curitiba. Camilo e Fraga saem machucados

Uma pancada muito forte envolveu Raphael Matos, Thiago Camilo, Felipe Fraga, Luciano Burti e Felipe Lapenna na primeira corrida da Stock Car em Curitiba neste domingo (2)

Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro


Uma batida extremamente forte marcou a prova deste domingo (2) da Stock Car. Na décima volta da primeira prova em Curitiba, Thiago Camilo tinha problemas e se arrastava na pista na reta dos boxes quando foi acertado em cheio por Raphael Matos. Então vários carros foram envolvidos na pancada.

Além dos dois, Luciano Burti, Felipe Lappena e Felipe Fraga também foram envolvidos. A parte traseira do carro de Matos foi destruído.
 
Imediatamente, Thiago saiu do carro e deitou no chão ao lado, visivelmente com uma lesão no pé. Fraga tinha dificuldades para sair do carro.
O que restou do carro de Felipe Fraga (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Camilo tentava voltar aos boxes sem ajuda dos fiscais, já que assim manda a regra para que os pilotos sejam permitidos a participar da segunda corrida do dia. Na reta, Matos não conseguiu desviar e acabou pegando em cheio a traseira de Camilo, além de envolver os outros pilotos.

"Os dois estão bem, conscientes, sem problemas. O Thiago machucou o pé, o Fraga está indo para o hospital fazer checagens. Mas ele está bem, está se movendo, consciente. Estão doloridos, claro, mas não tem fratura, nada. Eles agora vão fazer todos os exames", disse à TV Globo Maurício Slavieiro, diretor da Vicar.
Resgate de Thiago Camilo (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Emocionado, Bel Camilo, pai de Thiago e ex-piloto, contou que o filho está "chorando bastante de dor" no caminho do hospital. O pai de Felipe, Irineu Fraga, também estava no paddock no momento da pancada e estava chorando copiosamente.

Envolvido na batida, Burti contou que conversou com Camilo e Fraga logo após o acidente, ainda na pista, e ambos se mostraram bem na medida do possível.

A corrida foi vencida por Marcos Gomes