Red Bull confirma renovação de Cacá Bueno e Serra até fim da temporada 2016 da Stock Car

A parceria com a equipe de Andreas Mattheis também foi ampliada pelo mesmo período, com o piloto carioca disposto a conquistar mais três títulos da Stock Car e alcançar o octacampeonato

A Red Bull anunciou nesta terça-feira (10) que continua na Stock Car pelas próximas três temporadas. Assim, o contrato de Cacá Bueno e de Daniel Serra agora vale até o fim de 2016, enquanto a parceria com a equipe de Andreas Mattheis terá duração ampliada pelo mesmo período.

Satisfeito com a confirmação, Cacá disse que o anúncio ter vindo às vésperas da Corrida do Milhão mostra que a empresa de energéticos confia na escuderia, independentemente do resultado na última prova do ano. O piloto também destacou a duração do vínculo.

A Red Bull continua junta até 2016 (Foto: Bruno Terena/Red Bull Racing)

"Esta renovação é muito boa para todas as partes”, disse o piloto. “Fazer este anúncio antes de uma corrida tão importante só demonstra a confiança que a Red Bull tem em mim e na equipe. O fato de ser um contrato de três anos faz com que se tenha uma segurança maior, já que, no Brasil, a maioria dos acordos é anual, e muitos pilotos passam por aquela tensão de ter de renovar o contrato no fim da temporada”, declarou.

O pentacampeão disse, ainda, que contar com o apoio da Red Bull é importante para o objetivo de ser oito vezes campeão da Stock. “Nunca escondi que tenho uma meta – bem difícil – de conquistar oito títulos e não estou tão longe disso. Eu me vejo correndo até 2020, mais ou menos, e contar com a estrutura do Andreas Mattheis até 2016 me dá ainda mais tranquilidade e confiança para buscar este objetivo”, completou.

Quem também comemorou o acerto foi Daniel Serra. Na luta para levantar o primeiro caneco da carreira, o paulista disse que a empresa apostou nele desde o começo e o viu melhorar gradativamente no certame, então está na hora de recompensar a patrocinadora da melhor forma possível – com o campeonato.

“É muito bom saber que vou continuar correndo com a mesma equipe pelos próximos três anos. Já estou com a Red Bull desde 2007, quando a equipe entrou na Stock Car e aprendi e amadureci muito neste período. Mas sei que ainda posso melhorar em algumas áreas para buscar meu objetivo, que é ser campeão”, disse.

O chefe do time, Andreas Mattheis, exaltou todas as conquistas ao lado da empresa austríaca. “Nos últimos cinco anos, construímos uma equipe muito forte e posso dizer que, hoje, temos um time muito encorpado e homogêneo, com o Cacá, o Daniel e todos os envolvidos na equipe. Esta renovação só aumenta a vontade de todos para buscar novas vitórias e conquistas”, encerrou.

Desde o início da parceria entre Red Bull e a Mattheis, foram cinco conquistas em quatro anos, sendo três títulos de pilotos com Cacá (2009, 2011 e 2012) e dois de equipes (2009 e 2012).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube