Stock Car

Senna 'rala' para aprender chicane da Curva do Café: “Ainda tem um pouquinho para vir”

Estreando na Stock Car, Bruno Senna precisou lidar pela primeira vez com a chicane da Curva do Café – foi essa a grande dificuldade que ele encarou no primeiro dia na categoria

Warm Up, de Interlagos / RENAN DO COUTO, de Interlagos

A cobertura completa da Corrida do Milhão no GRANDE PRÊMIO
As imagens da sexta-feira da Stock Car em Interlagos
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Bruno Senna fechou em 18º seu primeiro treino livre na Stock Car. O piloto-convidado da categoria para a Corrida do Milhão viveu um dia de adaptação ao carro e a um ponto do circuito de Interlagos que, para ele, é novo: a chicane da Curva do Café, usada somente por campeonatos nacionais.

Os trabalhos de Senna começaram cedo: às 8h da manhã, ele entrou na pista para o primeiro dos três treinos extras a que teve direito. Depois de virar um tempo competitivo de 1min39s6, ele conseguiu melhorar 0s1 quando voltou a acelerar à tarde, já dividindo a pista com os demais pilotos da categoria.
Bruno Senna estreou na Stock Car em Interlagos (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A grande dificuldade foi aprender a lidar com a última curva do traçado. “Comecei a atacar mais a chicane e deu certo. Ainda tem um pouquinho para vir, mas já estou bem melhor”, disse Senna.

“É tudo novo para mim. Tenho de entender o funcionamento dos pneus, principalmente, e trabalhar também no consumo de combustível”, prosseguiu.

No geral, avaliação que Bruno faz do primeiro dia é positiva. “Acho que foi muito bom. Comecei os treinos da tarde com pneus que não estavam muito bons. Depois que coloquei os novos, o carro ficou muito dianteiro. Mas, de repente, os tempos começaram a vir. Pena que o combustível tenha baixado bastante no finalzinho e o motor começou a falhar”, concluiu o piloto.

As atividades da Stock Car serão retomadas às 11h (de Brasília) deste sábado com o segundo treino livre. A definição do grid de largada para a corrida mais importante do ano tem início às 16h.

GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco' a Corrida do Milhão da Stock Car em Interlagos com os repórteres Hugo Becker e Renan do Couto e os fotógrafos Felipe Tesser e Rodrigo Berton.Acompanhe o noticiário aqui.