Stock Car
08/08/2018 05:30

Serra lamenta redução de vantagem, mas vê situação “não tão ruim” ao ponderar sobre erros em Goiânia

Líder da temporada da Stock Car, Daniel Serra sofreu na Corrida do Milhão, mesmo tendo largado da pole. Terminou apenas em oitavo e viu a liderança diminuir. Mas o piloto da Eurofarma sabe que, mesmo longe do ideal, poderia ter sido pior
Warm Up, de Goiânia / FELIPE NORONHA, de São Paulo
 Daniel Serra (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Daniel Serra entrou na Corrida do Milhão do último domingo (5) com a liderança da Stock Car e a pole - mas terminou com a oitava colocação e a vantagem menor

E o piloto da Eurofarma sabe os motivos que o levaram a ficar longe do ideal na corrida em Goiânia. Após a prova, falou com o GRANDE PRÊMIO e ponderou sobre todo o domingo no Centro-Oeste brasileiro.

"Cheguei a brigar pela vitória ali, com os três primeiros. Mas cometi um erro, deixei o carro morrer na saída do primeiro pit-stop, voltei lá para trás. Teve uma confusão, tive que sair para não bater, fui parar quase no circuito interno (a corrida foi disputada no anel externo goiano), passei na grama... Tive sorte que não quebrou nada", contou.
Daniel Serra (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Em seguida, analisou a classificação. Ele tinha 43 pontos de vantagem para Marcos Gomes: agora, está 35 pontos à frente do rival da Cimed (165 a 130).

"Perdemos uma boa chance de ampliar a vantagem para o segundo, mas acho que, por tudo que aconteceu, chegar com 43 e sair com 35, com uma corrida a menos (para o fim do campeonato)... Não dá para falar que é bom, mas não é tão ruim", completou, um pouco abatido.

Mesmo com o resultado fora do ideal, Serra vai para Campo Grande, na próxima semana, ainda com vantagem. No último sábado, por exemplo, colocou a Eurofarma na pole em Goiânia mesmo após os carros da Hero andarem mais rápido em todos os treinos livres desde a sexta-feira anterior.

O piloto segue favorito ao título e tem a chance de seguir na frente na luta pelo bicampeonato ainda no Centro-Oeste. Entre as equipes, a segunda colocação de Max Wilson também foi celebrada por Serra, que afirmou que "isso mostra como o time segue bem". Wilson, aliás, é o terceiro na classificação - o top-5 é completado por Felipe Fraga e Rubens Barrichello.

A Stock Car volta no dia 17 de agosto, com os primeiros treinos na capital do Mato Grosso do Sul, que recebe rodada dupla no dia 19.