Stock Car

"Super feliz", Barrichello vai ao pódio no Velo Città e isenta equipe por problema nos boxes: "Estou muito junto deles"

Rubens Barrichello é o vice-líder da Stock Car após duas etapas - e apenas dois pontos atrás de Daniel Serra. Para o piloto da Full Time, essa foi a vitória do final de semana no Velo Città, sem necessidade de lamentar o problema pelo qual passou nos boxes

Grande Prêmio, do Velo Città / FELIPE NORONHA, de Mogi Guaçu
Rubens Barrichello foi o personagem principal do roteiro da corrida 2 da Stock Car no Velo Città, no último final de semana: Ricardo Zonta foi o vencedor, mas teve que esperar até o momento final da estratégia de parada do #111 para saber se conseguiria triunfar.

Além disso, Barrichello ainda fez ultrapassagem sobre Julio Campos para ser o segundo da prova e, ao final, se colocar como vice-líder da temporada, e só dois pontos atrás de Daniel Serra (61 x 59)

Por isso, o piloto da Full Time não só se mostrou contente com o que conseguiu em Mogi Guaçu, como também isentou sua equipe de qualquer culpa pelo problema que, provavelmente, lhe custou a vitória nos boxes.
Rubens Barrichello (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Ao GRANDE PRÊMIO, ele falou: "O importante é ter tirado pontos do líder em relação à etapa passada, então estou super feliz. A gente teve um problemainha nos boxes, mas quantas vezes eu não tive um problema na pista e eles estiveram juntos comigo? Então estou muito junto deles, eles têm feito um ótimo trabalho."

A Full Time, após a corrida, divulgou que o problema que fez Barrichello perder alguns segundos na parada obrigatória foi uma quebra da pistola de pneus: "Nos boxes eu achei que a gente teve um problema com a roda girando, então voltei para ponto morto e perdi mais tempo. Mas mesmo assim pude lutar, passar o Julinho (Campos) na pista, que acho que foi muito legal. Estou feliz. Acho que é uma daquelas situações em que a gente está batando na porta, falta bem pouquinho. Estamos indo bem", seguiu.
Rubens Barrichello no pódio do Velo Città (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Ele também analisou a estratégia utilizada: entre os primeiros colocados, foi o último a ir para os boxes, em tática que costumeiramente utiliza na Stock Car: "Você desafia o safety-car, não é tão bom assim. Quando você está rápido, você acelera. Quando você não está, você tem que trocar o pneu para entrar. Então a gente bem, estava rápido, então tinha que continuar (na pista)."

"Foi legal, foi legal, estou feliz. Estou exausto, que faltou água no carro. Dá para ver pela carinha, a gente não está ficando mais jovem nessa vida", brincou. "Mas foi um momento  bom da equipe, a gente tem só que marcar os maiores pontos possíveis para que a gente possa liderar na hora certa o campeonato", concluiu Barrichello.

A próxima etapa da temporada 2019 da Stock Car acontece dentro de duas semanas no Autódromo Internacional de Goiânia. O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ com o repórter Felipe Noronha.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo 

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.