Stock Car

"Tem de raciocinar muito": Maurício vê nova pontuação da Stock Car como difícil para se achar "fórmula ideal"

Ricardo Maurício foi ao pódio (terceiro lugar) na corrida 1 do Velo Città, no último domingo (5). Para o piloto da RC Eurofarma, porém. o resultado não foi o principal - e, sim, ter trabalhado bem a questão da pontuação nas duas corridas da rodada dupla, já que o sistema foi alterado para a atual temporada

Grande Prêmio / FELIPE NORONHA, de São Paulo
Ricardo Maurício voltou à RC Eurofarma em 2019 e já foi duas vezes ao pódio em duas etapas: segundo no Velopark e terceiro na corrida 1 do Velo Città, no último domingo (5). 

Mas, para o bicampeão da categoria, mais importante do que o pódio foi conseguir pontuar bem dentro do novo sistema da Stock Car, que aumentou os pontos distribuídos na corrida que encerra as rodadas duplas. Neste, Maurício foi 10°, alcançando 33 pontos no dia e segurando o terceiro lugar na classificação, mas diminuindo a vantagem de Daniel Serra, o líder

Ao GRANDE PRÊMIO, ele explicou: "O importante é a pontuação. Uma corrida completamente diferente do ano passado, com a troca de um pneu obrigatória, com bastante combustível, tem que abastecer bastante. O regulamento mudou na parte de pontuação, então agora a média é extremamente importante."

"Não é fácil ter a fórmula ideal, você tem que raciocinar muito durante a corrida para saber se tem que usar um pouco mais ou um pouco menos de combustível", seguiu.
Ricardo Maurício (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
O novo sistema de pontos dá ao vencedor da segunda corrida 24 pontos (contra 30 da corrida 1), ao segundo 20, ao terceiro 18 e, a partir daí, um ponto a menos até o 20° colocado.

Desta forma, Maurício chegou a pensar até em abdicar de um pódio na corrida 1 para conquistar ainda mais pontos na 2: "Meu rádio estava falhando na corrida, eu queria ter colocado um pouco mais de combustível, mesmo que perdesse esse pódio, chegando em quarto lugar, mas estar bem de combustível para a segunda corrida, para fazer uma parada bem mais curta."

"Mas acho que como um todo foi positivo, acho que estou na briga", disse ao GP, para em seguida comentar a expectativa para Goiânia, a próxima etapa da Stock Car: " Acredito que sim, espero que sim (que pode brigar por resultados ainda melhores). Demonstrou ser um carro competitivo aqui. Lógico que ainda não chegamos à pole, mas no Velo Città parecíamos mais competitivos, na classificação e na corrida."

"Acho que é difícil você falar se vai fazer pole, segundo, terceiro, mas acredito que um top-5, top-6, é o que a gente almeja para ter boas estratégias para as duas corridas e marcar o máximo de pontos o possível. Às vezes uma outra combinação pode marcar a mesma pontuação, então tem muita coisa ainda pela frente", finalizou o piloto.
Ricardo Maurício (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
A próxima etapa da temporada 2019 da Stock Car acontece dentro de duas semanas no Autódromo Internacional de Goiânia. O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ com o repórter Felipe Noronha.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo 

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.