Stock Car

Tenso em corrida do bi, Serra revela medo com desgaste de pneu: “Achei que tinha furado seis vezes”

Daniel Serra havia prometido fazer uma corrida em Interlagos “sem riscos”. E assim o fez: fugiu de qualquer chance de contato com outros carros, teve um “conservador” na pista e garantiu o bi com o quarto lugar na etapa final. Mas nem assim conseguiu escapar de viver certa tensão
Warm Up, de São Paulo / FELIPE NORONHA, de Interlagos
 Daniel Serra comemora o bicampeonato da Stock Car (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Bicampeão: é o que Daniel Serra passou a ser no último domingo (9), quando terminou em quarto a etapa final da Stock Car 2018 em Interlagos - o suficiente, com sobras, para garantir o segundo título consecutivo. Como Felipe Fraga terminou logo atrás, em 5°, a decisão acabou sendo tranquila para o piloto da RC/Eurofarma. Mesmo assim, ele revelou após a festa que ficou tenso, sim, durante a corrida. 

Na entrevista logo após a comemoração, Serra comentou sobre o que sentiu durante a prova: ele largou em terceiro, perdeu posições logo no começo para "não correr riscos", como havia prometido no sábado (8) de classificação, mas se manteve distante de Fraga o tempo todo, já que o piloto da Cimed, único adversário que poderia tirar-lhe o título, só chegou perto nas voltas finais ("A gente veio sempre controlando onde o Felipe estava").

"A gente fez um carro super conservador, só para chegar ao final. Hoje eu fui sofrendo um pouco com o desgaste dos pneus. Achei que o pneu tinha furado umas seis vezes", contou.

"É o nervosismo de coisas que você não tem como controlar e, de repente, acontecer. Então a corrida foi tensa por causa disso", continuou o #29.
Daniel Serra (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Quando, enfim, viu a bandeirada e pôde celebrar a conquista, foi a hora em que a tensão se esvaiu: "Mas eu estou muito feliz. É o momento que faz tudo valer a pena, eu me dedico a isso 24 horas por dia."

"Eu faço tudo para poder chegar o mais bem preparado no final de semana. Só minha mulher sabe o quanto eu me dedico, me preparo e coloco tempo para conseguir evoluir como piloto. Então estou muito feliz de conseguir isso", finalizou o bicampeão.

Serra terminou a temporada com 338 pontos, contra 310 de Fraga, o vice. No top-5 ainda ficaram Julio Campos, Rubens Barrichello e Max Wilson, na ordem.

GRANDE PRÊMIO cobriu ‘in loco’ a etapa final da Stock Car em Interlagos com Felipe Noronha, Fernando Silva e Rodrigo Berton.