Valdeno elogia TMG por “carro sempre bom” e vê 3º lugar geral como justo: “Foi uma das minhas melhores temporadas”

Valdeno Brito foi um dos melhores pilotos da Stock Car em 2016. O paraibano andou forte em praticamente todas as provas, frequentando o pódio e aparecendo em terceiro na classificação geral

 

Valdeno Brito foi um dos grandes destaques da temporada 2016 da Stock Car. Veterano de 42 anos, o paraibano foi para a americanense TMG — após quatro anos correndo pela equipe de A.Mattheis, patrocinada pela Shell — e fez bonito, andando na frente em praticamente todas as etapas e sendo o principal concorrente da dupla de postulantes ao título Felipe Fraga e Rubens Barrichello.

 
Valdeno comentou que a mudança de equipe antes do início da temporada 2016 não foi algo tão simples, especialmente por ter tido um desempenho tão bom em seu antigo time. Brito foi substituído neste ano por Átila Abreu. Curioso é que Valdeno vai deixar a TMG neste ano justamente para dar lugar a Átila — que, assim como Ricardo Zonta, vão correr pela equipe de Americana, que vai ser patrocinada pela petrolífera holandesa a partir de 2017. 
 
"Sempre é muito difícil encarar uma mudança. Você vê isso também com o pessoal da A.Mattheis, ainda que o Zonta já estivesse lá. Eu vinha de anos bons, sempre entre os cinco primeiros, ganhando corridas, fazendo poles. Aqui mesmo em Interlagos eu ia ganhar no ano passado, mas tive de parar por conta da luz de freio. Tive grandes momentos por lá", disse ao GRANDE PRÊMIO.
 
O paraibano explicou que sempre acreditou que teria sucesso ao lado de Thiago Meneghel e que, por isso, seu rendimento não era surpreendente.
 
"Era mesmo uma incógnita, por se tratar de um time novo, ainda que o Thiago Meneghel seja um cara muito bom e com quem eu sempre tive vontade de trabalhar. Mas, por mais que seja surpresa para alguns, lembro de ter conversado com o Meneghel lá no começo, apostando que nossa parceria daria certo", seguiu.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Valdeno Brito faz uma grande temporada na Stock Car (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Para Valdeno, o terceiro lugar no campeonato mostra bem o que foi seu desempenho em 2016. O piloto só lamentou que não vai conseguir levar a parceria com a TMG para frente em razão da mudança de patrocinador.
 
"Esse meu terceiro lugar, se confirmado, eu considero justo. Assim como Rubinho e Fraga merecem estar na frente, acho que esse terceiro lugar é bem de acordo com o que foi minha temporada, meu desempenho. Faltou pole, ainda falta vitória. Quem sabe na final? Mas fui muito constante, marquei muitos pontos sempre que deu. O ideal seria um segundo ano com o time, mas isso não vai ser possível pela troca de patrocinadores. Agora é levar esse otimismo para o time novo em 2017", explicou o veterano.
 
O veterano concordou que vai tendo um dos melhores desempenhos de sua carreira, tendo a regularidade como marca. Para Valdeno, a Cimed, do líder Fraga, sobrou, especialmente nas classificações.
 
"Considero essa uma das minhas melhores temporadas, sim. Fui muito regular, constante, por mais que não tenha tido tanta velocidade quanto em outros anos. Só acho que faltou um pouquinho, o pente fino no acerto do carro em relação a mim para a gente brigar por poles. Mas, é bom dizer que a Cimed também está em um ano iluminado, tem de respeitar o trabalho deles", falou.
 
Brito elogiou bastante a TMG e contou que vai levar ótimas recordações da sua casa em 2016. "A equipe sempre me deu o carro muito bom, com pouquíssimos problemas mecânicos, então eu com certeza vou deixar a casa muito satisfeito com tudo", afirmou.
Valdeno Brito vai de Carlos Alves na temporada 2017 (Foto: Tone Hermann)
Valdeno só não soube escolher exatamente sua melhor corrida em 2016. Contente com o desempenho, citou a Corrida do Milhão e etapas de Goiânia como seus destaques.
 
"Tive várias boas corridas esse ano, sinceramente. A Corrida do Milhão foi uma muito boa, em que eu larguei em décimo e cheguei em terceiro, logo atrás do Rubinho e do Fraga. Tive duas corridas em Goiânia muito boas… umas três ou quatro ótimas esse ano. Mas espero que a minha melhor seja a final", disse.
 
O paraibano mostrou-se bastante otimista para 2017, elogiando a evolução que a Carlos Alves teve neste ano e confiando em se manter no topo da categoria por mais uma temporada na Stock Car.
 
"Estou bem otimista para o ano que vem. Tenho conversado muito com o Carlão, a equipe tem evoluído bastante e tem um patrocinador forte, além de orçamento de equipe grande. Espero que eu vá para somar com a minha experiência, sei que vão me dar um carro competitivo, então minha ideia é ter um ano tão bom como foi este", completou Valdeno, esperando que o futuro seja ainda melhor do que este 2016 que se encerra para a Stock Car em Interlagos.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube