Vencedor em Curitiba, Fraga nega ‘loucura’ ou ‘estratégia kamikaze’ em fator decisivo: colocar menos gasolina no pit-stop

Felipe Fraga venceu a corrida 1 deste domingo (8) na etapa de Curitiba da Stock Car. E, segundo o piloto, a estratégia da Cimed de entrar com pouco combustível em seu carro após pit-stop obrigatório foi decisiva

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Felipe Fraga superou Daniel Serra na corrida 1 da Stock Car em Curitiba, finalizada sob safety-car, o que impediu um duelo mais forte e pegado até as últimas voltas na capital paranaense. Assim, o triunfo do piloto da Cimed acabou sendo mais estratégico do que causado por ultrapassagens, manobras na pista.

A decisão, segundo o vencedor, saiu no pit-stop. Para Fraga, a estratégia da Cimed de colocar menos combustível em seu carro na parada obrigatória, em comparação com o adversário, foi o fator primordial.

"O Daniel colocou muito e a gente achou melhor não colocar. Porque o 'push' não tem dado muita diferença, é muito difícil ultrapassar. E eu também acho que é besteira ter que pegar o risco de mais uma largada, mais acidentes, quebras… Tem várias possibilidades, de várias coisas acontecerem. Acho que a equipe mandou bem na decisão. Todo mundo vai achar que é meio loucura, mas achei que era a melhor decisão possível", afirmou.

Felipe Fraga recebe a bandeirada da corrida 1 em Curitiba (Foto: Bruno Terena/ RF10

Fraga acabou abandonando a corrida 2 por opção da equipe, que achou que o fator vitória na corrida 1 permitia tal situação. Ao ser questionado sobre esse risco, viu a estratégia com tranquilidade. "Não digo que foi 'kamikaze', porque eu fui o piloto que mais pontuou no final de semana", opinou Fraga.

"Se a gente não tivesse sido o maior pontuador aí sim acho que teria sido 'kamikaze'. Acho que tomamos a melhor decisão. O carro está muito bom, está cada vez mais confiável. Agora é ir para as próximas etapas, a gente sabe que está com um ritmo bom", seguiu.

"A gente arriscou tudo na primeira corrida. Nada a lamentar", finalizou o vencedor.

CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube