Viamão tem céu nublado, mas sem previsão de chuva para primeiro dia de treinos livres da Stock Car em Tarumã

A sexta-feira em Viamão, Região Metropolitana de Porto Alegre, amanheceu com o céu bastante nublado e com temperatura ambiente relativamente baixa. Não há, no entanto, previsão de chuva para o período do primeiro treino livre do fim de semana

No rol dos circuitos mais rápidos do automobilismo brasileiro, Tarumã recebe neste fim de semana a penúltima etapa da temporada 2015 da Stock Car. Uma temporada que pode ver, justamente no Rio Grande do Sul, a coroação de Marcos Gomes como campeão. Basta que o paulista da Voxx Racing amplie sua vantagem para o segundo colocado, de atuais 37 pontos para Cacá Bueno, para 48, evitando que a decisão siga para Interlagos, na corrida que valerá pontuação em dobro.
 
E o fim de semana que pode ser de festa para Gomes começou com o tempo fechado em Tarumã. A sexta-feira (6) amanheceu com o céu nublado e temperatura relativamente baixa, mas que melhorou ao longo da manhã em Viamão, Região Metropolitana de Porto Alegre.
Tempo nublado na manhã desta sexta-feira em Tarumã (Foto: Fernando Silva/Grande Prêmio)
De acordo com o site ‘Weather Channel’, não há qualquer previsão de chuva para o período da disputa do primeiro treino livre do fim de semana, com início previsto para 12h10 e indo até 14h20, com os carros do segundo grupo finalizando a sessão. 
 
A temperatura ambiente não deve passar dos 21ºC ao longo da tarde, mas com zero de chance de chuva. A umidade relativa do ar deve ficar em torno de 60%, mas com os ventos soprando forte, a 16 km/h em direção Sudeste.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a 11ª e penúltima etapa da temporada 2015 da Stock Car e também a penúltima etapa da temporada do Campeonato Brasileiro de Turismo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube