Stock Car
18/11/2017 18:16

Vicar anuncia retorno da Stock Light com calendário de oito etapas e premiação de mais de R$ 650 mil em 2018

A Vicar confirmou a volta da Stock Light, o último degrau antes da Stock Car. De acordo com a entidade, o calendário de 2018 terá oito etapas, com premiação de mais de R$ 650 mil
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 A corrida 1 da Stock Car em Buenos Aires (Foto: Bruno Terena/RF1)

A Stock Light está de volta a partir de 2018. Último degrau para a Stock Car, a categoria terá um calendário de oito etapas e premiação de mais de R$ 650 mil para o campeão. O lançamento do campeonato foi feito neste sábado (18) pela Vicar.
 
A Stock Light teve ativa no período entre 1993 e 2009, quando foi encerrada. Naquelas 17 edições, revelou alguns bons pilotos para a categoria principal e teve, entre seus campeões, nomes como Cacá Bueno, Marcos Gomes, Nonô Figueiredo e Thiago Marques.
 
“A Stock Light vem para ser a principal fonte de talentos para a Stock Car e, mais do que isso, será um requisito para jovens pilotos que desejam ingressar na categoria. Com um regulamento e um sistema de disputa bastante similar ao da Stock Car, a Stock Light se apresenta com os melhores requisitos de preparação e adaptação aos jovens pilotos, tornando-se imprescindível na sua formação”, disse Rodrigo Mathias, diretor-geral da Vicar.
Vai ter Stock Light a partir de 2018 (Imagem: Divulgação)
Sem a Stock Light, o automobilismo brasileiro não tinha mais uma escada definida até sua categoria máxima, mas ultimamente um caminho natural para os jovens pilotos era o início na Sprint Race e a transição no Brasileiro de Turismo.
 
A nova categoria de acesso terá incentivos financeiros para seus melhores pilotos: em 2018, serão distribuídos mais de R$ 650 mil em premiação ao campeão e ao melhor estreante do ano somados. O campeão da Stock Light terá subsidiados os custos com inscrição, pneus e aluguel de motor para entrar na Stock Car. O estreante melhor classificado na pontuação final do campeonato também terá ajuda financeira com os mesmos itens para disputar uma segunda temporada na Light.
 
O calendário prevê oito etapas, sendo sete rodadas duplas e a final em corrida única valendo pontuação dobrada. Todas as provas terão o uso do push-to-pass e pit-stop para reabastecimento obrigatório, além da inversão do grid na segunda corrida das rodadas duplas. O cronograma detalhado com as provas de 2018 ainda não foi divulgado, bem como os detalhes do carro.
 
MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO