Vicar divulga nota assumindo erro e pedindo desculpas em polêmica do Brasileiro de Turismo

A Vicar chamou para si a responsabilidade pelo comunicado divulgado na última quinta-feira, no qual informava a respeito de um julgamento que não aconteceu

A Vicar assumiu a responsabilidade pelo erro que cometeu na novela que envolve a final do Brasileiro de Turismo de 2013. Na última quinta-feira, a organizadora do campeonato divulgou nota na qual relatava um julgamento que não aconteceu. Na noite deste sábado (8), em novo comunicado, a empresa corrigiu o equívoco.

A polêmica nota da quinta-feira confirmou Felipe Fraga como campeão do Brasileiro de Turismo e disse que tal status fora confirmado em julgamento realizado na quarta-feira de Cinzas no STJD. Só que essa sessão nunca ocorreu, como aqui reportado pelo GRANDE PRÊMIO.

A explicação dada foi um erro na interpretação das informações recebidas pela empresa.

Marcos Cozzi segue lutando pelo título do BR de Turismo nos tribunais (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Confira a nota divulgada pela Vicar:

Diferentemente do que foi divulgado pela Vicar Promoções Desportivas no último dia 6 de março, o processo referente ao título do Campeonato Brasileiro de Turismo segue em andamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Houve um equivoco na interpretação das informações recebidas pela empresa. Pedimos desculpas pelo engano e ressaltamos a lisura e transparência com que a Vicar sempre tratou todos os campeonatos que promove, sem privilegiar nenhum piloto ou equipe.

De acordo com a decisão da Comissão Disciplinar do STJD, Felipe Fraga segue como campeão do Brasileiro de Turismo, tendo direito a receber seu prêmio normalmente. O recurso impetrado pela equipe Carlos Alves Competições não recebeu efeito suspensivo e será julgado no mês de março, de acordo com informações da CBA.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube