Davies dá sequência a bom fim de semana e vence Corrida 2 do Mundial de Superbike em Laguna Seca

Outra prova; mesmo resultado. Chaz Davies repetiu a performance apresentada na primeira prova do Mundial de Superbike em Laguna Seca e venceu a terceira em 2015. A diferença é que, na segunda prova, o inglês precisou lidar com a presença de Tom Sykes e Jonathan Rea em seus retrovisores durante a maior parte de competição

Chaz Davies não poderia desejar resultados melhor neste domingo (19). Depois de vencer a Corrida 1 do Super Bike em Laguna Seca, o piloto da Ducati manteve o bom ritmo para vencer a Corrida 2 de ponta a ponta.
 
A diferença do primeiro para o segundo triunfo de Davies é que na prova 2 o inglês precisou lidar com a presença das Kamawasi de Tom Sykes e Jonathan Rea nas primeiras voltas. Com vantagem mínima sobre seus rivais, a margem de erro inexistia.
Davies fez uma prova segura em Laguna Seca (Foto: World Superbike)
Apesar da proximidade, o apertado circuito de Laguna Seca não permitiu que os adversários concretizassem manobras de ultrapassagem. Com isso a seu favor, Davies só precisou fazer voltas rápidas, abrir vantagem e garantir um lugar cativo no alto do pódio.
 
Sykes, sem condições de acompanhar o ritmo do vencedor, acabou segurando Rea, que lidera o campeonato com folga. A sorte de Tom é que o quarto colocado, Jordi Torres, estava mais de 15s atrás.
 
Com o segundo triunfo, Davies se garantiu na terceira posição do campeonato. Sykes vem em segundo, 19 pontos a frente do piloto da Ducati. Mas ninguém parece capaz de tirar Rea da liderança, condição que mantem com 125 pontos de vantagem sobre os demais.
 
A próxima etapa do Superbike será disputada no circuito de Sepang, localizado na Malásia, em duas semanas.

Mundial de Superbike, Laguna Seca, corrida 2:

1 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
PANIGALE R
35:13.816 25 voltas
2 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
+1.406  
3 65 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
+1.982  
4 81 JORDI TORRES ESP APRILIA
RSV4 RF
+16.551  
5 91 LEON HASLAM ING APRILIA
RSV4 RF
+17.772  
6 86 AYRTON BADOVINI ITA MOTORRAD ITALIA
BMW S1000 RR
+31.735  
7 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL HONDA
CBR1000RR SP
+34.446  
8 59 NICCOLÒ CANEPA ITA ALTHEA
DUCATI PANIGALE R
+38.048  
9 36 LEANDRO MERCADO ARG BARNI
DUCATI PANIGALE R
+41.755  
10 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
+49.105  
11 14 RANDY DE PUNIET FRA SUZUKI
GSX-R1000
+56.249  
12 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+1:01.630  
13 15 MATTEO BAIOCCO ITA ALTHEA
DUCATI PANIGALE R
+1:12.647  
14 45 GIANLUCA VIZZIELLO ITA GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta  
15 23 CHRISTOPHE PONSSON FRA PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta  
16 75 GÁBRO RIZMAYER HUN TEAM TOTH
BMW S1000 RR
+1 volta  
17 10 IMRE TOTH HUN TEAM TOTH
BMW S1000 RR
+2 voltas  
18 51 SANTIAGO BARRAGÁN ESP GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+3 voltas  
19 22 ALEX LOWES ING SUZUKI
GSX-R1000
NC  
20 44 DAVID SALOM ESP PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
NC  
21 34 DAVIDE GIUGLIANO ITA DUCATI
PANIGALE R
NC  
22 1 SYLVAIN GUINTOLI FRA HONDA
CBR1000RR
NC  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube