Em Verona, Honda apresenta motos de Rea e Haslam para temporada 2014 do Mundial de Superbike

A Honda aproveitou a Motor Bike Expo, em Verona, na Itália, para apresentar as motos que serão utilizadas por Leon Haslam e Jonathan Rea na temporada 2014 do Mundial de Superbike

icon_foto As imagens da nova Honda CBR1000RR Fireblade SP

A Honda aproveitou a Motor Bike Expo, uma feira de motos realizada em Verona, na Itália, para apresentar as novas CBR1000RR Fireblade SP que serão utilizadas por Jonathan Rea e Leon Haslam na temporada 2014 do Mundial de Superbike. No evento, aconteceu neste sábado (25), também foram exibidas as motos de Michael van der Mark e Lorenzo Zanetti para o Mundial de Supersport. 
 
Depois de uma campanha problemática em 2013, marcado por dificuldades com a eletrônica da Fireblade e por lesões, o time inicia o ano disposto a afastar a má fase e brigar pela ponta da tabela. 
Rea ainda se recupera da fratura que sofreu na temporada 2013 do Mundial de Superbike (Foto: Pata Honda)
“É claro que 2013 não foi um grande ano para nós – os pilotos se machucaram seriamente, mas, de certa forma, isso permitiu que nós déssemos um passo atrás e revisássemos a situação toda, olhando para a moto e o que precisaríamos para a próxima temporada”, explicou Ronald ten Kate, chefe do time. “Então nós elaboramos um grande plano de desenvolvimento e trouxemos muitas peças para a moto”, continuou.
 
“A eletrônica foi intensamente atualizada ao longo do inverno e fizemos um bom programa de testes, então acho que podemos dizer que estamos mais preparados do que nunca”, avaliou. “A nova Honda Fireblade SP é um bom passo à frente”, continuou. 
 
“Nós já estamos usando muita tecnologia atualizada, como suspensão e freios, e as melhorias no motor serão úteis também”, comentou. “Nós estamos tirando todas as amarras e com quatro pilotos talentosos e determinados, firmemente acredito que nós podemos competir por vitórias nesta temporada e até mesmo pelos dois campeonatos”, completou.
 
Rea chega para seu sexto ano consecutivo ainda se recuperando da fratura na perna que o afastou das últimas quatro etapas da temporada 2013. 
 
“Algumas vezes foi bem difícil em 2013 e a temporada terminou mal com uma lesão, mas a minha perna parece ok agora”, declarou Johnny. “Ainda não está 100% e eu tenho algum desconforto para andar, mas na moto está tudo bem”, explicou. 
 
“Quando chegarmos a Phillip Island, teremos testado bastante e estamos realmente nos esforçando, então acho que se alguém está em boa forma para brigar na frente quando a temporada começar, sou eu e o meu time”, finalizou. 
 
Haslam, por sua vez, também não tem boas memórias de 2013, mas agora mira recompensar a equipe pela confiança depositada em seu trabalho. 
 
“A temporada passada foi definitivamente uma para esquecer. Nós começamos um pouco com o pé errado e aí eu quebrei a perna depois da segunda etapa”, recordou. “Agora estou treinando firme outra vez, trabalhando todos os dias na moto, principalmente na eletrônica, então estamos mirando maximizar o que temos desde o início da temporada e ver onde isso nos coloca.”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube